19 Técnicas psicológicas simples que realmente funcionam

Por Incrível

Existem muitos truques psicológicos e técnicas da PNL (programação neurolinguística) sobre os quais muitos livros foram escritos e palestras proferidas. A maioria deles realmente ajuda os profissionais a manipular as pessoas de maneira despercebida, assim como evitar a influência dos outros. Mas a que truques, na maioria das vezes, a maioria dos mortais recorre?

5227710-image-crop-936x625-1538117039-728-ee394a6087-1539301811

Fizemos essa pergunta, resolvemos investigar e encontramos a resposta nos fóruns de Reddit, onde pessoas de diferentes profissões compartilham técnicas psicológicas simples que realmente funcionam.

  • Nunca diga a um homem “você poderia …?”. Desta forma, ele perceberá a questão como teórica. Por exemplo, não pergunte “Você poderia chamar os vizinhos?”, já que a resposta “sim” significaria: “Sim, teoricamente, eu poderia fazê-lo”. Portanto, é melhor reformular este pedido implícito de forma mais clara: “Por favor, chame os vizinhos”.
  • Se você quiser que alguém se sinta desconfortável ou perturbado durante a conversa, de vez em quando olhe para o centro de sua testa.
  • Se o seu interlocutor se esquivar de uma pergunta ou se calar, simplesmente pause a conversa e continue a olhá-lo nos olhos. Ele se sentirá desconfortável por interromper a conversa e seguirá falando. Talvez, com este gesto, dê mais detalhes sobre o que você precisa saber, ou confesse a verdade (se estiver mentindo), acreditando que seu silêncio e seu olhar são um sinal claro de que você adivinhou tudo.

5227760-image-crop-700x464-1538117013-728-8c6d6791c4-1539301811

  • Se você quiser estabelecer relações com alguém (por exemplo, no escritório), simplesmente vá até essa pessoa pedindo que ela lhe conte ou explique algo, mesmo que você já saiba a resposta. Isso vai mudar a atitude dela em relação a você para sempre.
  • Ao fazer uma pergunta, é melhor consentir implicitamente com a cabeça. Muito provavelmente, você receberá uma resposta afirmativa. Mas cuidado: esse truque é o mais utilizado pelas empresas de hotelaria, para que os clientes peçam mais ou escolham pratos mais caros.
  • Se uma pessoa está muito focada em seu trabalho (por exemplo, numa conversa telefônica séria), você pode estender sua mão e ela lhe dará o que estiver segurando nesse momento. Então, provavelmente, ela nem se lembrará disso. O truque também funciona ao contrário: você pode dar algo e nem perceber.
  • Basta dizer superficialmente a alguém que alguma coisa, claramente, está além de suas possibilidades, para que a pessoa faça todo o possível para provar o contrário.

5227460-nu-davay-taya-rasskazhi-kak-ty-men_10074996_orig_-1538117239-728-886916b9da-1539301811

  • Se durante uma conversa com uma pessoa você constantemente assentir com a cabeça, imperceptivelmente seu interlocutor se tornará mais receptivo às suas palavras, mesmo sem perceber por que isso aconteceu.
  • Se, em geral, você estiver satisfeito com a oferta feita por outra pessoa, mas quiser receber outra coisa, simplesmente adote um aspecto um pouco desapontado. Isso pode funcionar, por exemplo com um preço alto de algo ou um baixo salário proposto.
  • No momento em que o despertador tocar, você deve levantar-se um pouco e abruptamente, por um segundo, cerrar os punhos e gritar “sim!”, feito um jogador de futebol que acabou de marcar um gol. Pode parecer estranho, mas imediatamente você vai se encher de vivacidade e sair da cama facilmente.
  • Se você constantemente se preocupa se fechou ou não a porta e desligou o ferro,ao executar essas ações, diga em voz alta alguma frase absurda (todos os dias escolha uma diferente). Por exemplo, você pode dizer “um coelho verde” e desligar o ferro, “um caranguejo despótico” e fechar a porta. Na hora de pensar se você fechou a porta ou não, você se lembrará de ter pronunciado essa frase estranha e se acalmará.
  • Se alguém tentar arrastá-lo com todas as suas forças para uma grande discussão ou escândalo, diga-lhe algo de bom. Isso deixará a pessoa louca.

5227510-inx960x640-1538117883-728-151b13ec25-1539301811

  • Se você trabalha em equipe e um de seus membros é particularmente devagar, não lhe dê tarefas dizendo “faça isso”. Substitua por “comece com isso”: desta forma, psicologicamente, lhe dará a sensação de ter menos trabalho porque precisa começar com algo pequeno. E então, quando ele o fizer, recorra à frase “Muito bom, continue”. Provavelmente, neste caso, ele completará sua tarefa com sucesso, já que terá a impressão de que resta pouco a fazer.
  • Quando falar em público, leve sempre uma garrafa d’água com você. Se sentir que esqueceu o texto ou o que queria dizer, simplesmente beba um pouco. Desta forma, ninguém notará que, na realidade, a pausa se deve ao texto esquecido.
  • Se uma pessoa começar a olhar para você no transporte público, comece a observar seus sapatos. Não se renda. Acredite, isso vai deixá-la louca.
  • Se você fica muito nervoso sempre que vê um de seus conhecidos, no final das contas essa pessoa também ficará inconscientemente nervosa quando estiver consigo.

5227560-852OORNB51HC0003-1538118910-728-ceca0228ec-1539301811

  • Se você tiver uma queixa contra uma pessoa, mas não quiser acusá-la diretamente de alguma coisa, use frases indiretas. Por exemplo, ao invés de “você não fechou a janela”, substitua por “a janela ficou aberta”.
  • Se dormiu mal, diga ao seu cérebro com firmeza: “Eu dormi bem”. Parece estranho, mas se você está realmente convencido de suas palavras, vai funcionar 100%.
  • As pessoas se lembram melhor do que aconteceu no começo e no final do dia. Tudo o que acontece entre esses pontos permanece numa nuvem embaçada. Portanto, faça as entrevistas muito cedo ou muito tarde para que o empregador se lembre de você com precisão e não se perca entre tantos candidatos.(via Incrível)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>