Prince agora tem uma cor em sua homenagem

Por Gabriel Ribeiro

Pantone batiza roxo imortalizado pelo artista

Prince é um daqueles artistas que ficam marcados não só pela música, mas também pela forma única de se vestir e levar a vida. E, claro, também ficou conhecido por seu amor pelo roxo. A Pantone, conhecida pela escala de cores usada na indústria gráfica e têxtil, fez uma homenagem ao cantor ao mudar o nome da cor imortalizada pela música “Purple Rain”.

prince-pantone-cor

‘Love Symbol #2’ e o nome criado pela Pantone para o tom de roxo preferido de Prince. A cor estava presente nas suas roupas e foi inspirada em um piano personalizado comprado pelo artista pouco antes de sua morte.

Love Symbol também representa o ícone, um misto entre os símbolos dos gêneros masculino e feminino. Prince usou a logo ao invés de seu nome durante sete anos. Prova que o artista jogava luz a questões de gênero em uma época onde falar sobre o tema ainda era considerado um tabu. É também o nome do álbum lançado pelo artista em 1992.

prince

“Esta é uma maneira incrível de o seu legado viver para sempre”, explica Troy Carter, um dos responsáveis pelo patrimônio artístico de Prince, em entrevista ao Dezeen.

A ideia surgiu a partir do Pantone Colour Institute, responsável por prever tendências. Não é a primeira vez que a empresa desenvolve uma cor específica para um artista. No início do ano, uma homenagem parecida foi feita ao estilista Richard Nicoll, morto em 2016.

(Via B9)

CNN vai transmitir o eclipse solar em 4K e 360°

Por Shifter

Fenômeno colocará uma boa parte dos Estados Unidos às escuras

No dia 21 de Agosto, haverá um eclipse total do sol.

O fenómeno será particularmente visível nos Estados Unidos e está, por isso, a ser preparado com pompa e circunstância por aqueles lados. Para nós, aqui deste lado, podemos ver a transmissão em direto da CNN.

cnneclipsesolar

Não será uma transmissão qualquer. A estação norte-americana vai transmitir o eclipse em 4K e 360º. Se tiveres uns óculos de realidade virtual, poderás beneficiar de uma experiência completamente imersiva. Sem óculos, poderás desfrutar na mesma da transmissão, que acontecerá a partir de múltiplos pontos dos EUA, através do site cnn.com/eclipse, das apps móveis da CNN ou da página de Facebook (graças ao Facebook Live 360).

A CNN terá câmaras 4K e 360º espalhadas pelo trajecto do eclipse solar, do estado de Óregon ao de Carolina do Sul, permitindo aos espectadores seguir o fenómeno de diferentes perspectivas. A faixa de escuridão total vai ter 113 km e percorrerá 14 estados norte-americanos.

O eclipse solar é um fenómeno que ocorre sempre que a Lua fica entre a Terra e Sol, colocando parte do nosso planeta às escuras. Se nos Estados Unidos o eclipse será total, por cá será apenas parcial – quer isso dizer que apenas veremos a Lua a tapar um pouco do Sol. Os Açores poderão ver o eclipse a partir das 18h40 com 28% da superfície do Sol coberta; em Lisboa será às 19h46 com 19%; e na Madeira a partir das 19h48 com 33% coberto.

Também a NASA vai transmitir o eclipse através dos seus canais habituais, incluindo a sua app para Apple TV, o Facebook e, claro, o YouTube. 

(Via Shifter)

A pequena cidade italiana que constrói os barcos mais caros do mundo

Por Katie Hope

Em 2016, vendas de superiates foram de apenas 370 unidades, mas geraram mais de R$ 12 bilhões
_97030524_mediaitem97030523

Quem passeia pelas ruas do balneário de Viareggio, na Itália, pode imaginar que está apenas em um local de veraneio.

Mas a floresta de guarda-sóis em suas praias desvia a atenção do papel que Viareggio tem na indústria naval.

É na cidade que os barcos mais caros do mundo são construídos. Sua especialidade é fabricar superiates de luxo.

Essas embarcações têm tamanho mínimo de 25 m, mas podem ser mais de cinco vezes maiores do que isso.

É um mundo que pertence aos super-ricos: apenas 370 barcos foram vendidos em todo o mundo no ano passado – mas apenas essas vendas geraram nada menos que 3,4 bilhões de euros, ou R$ 12,44 bilhões.

O superiate mais caro até agora vendido em 2017 custou mais de R$ 500 milhões, de acordo com a empresa Boat International, que compila informações sobre a indústria naval.

Um em cada cinco desses monumentais barcos de elite é fabricado em Viarregio.

O turismo não é a unica grande indústria de Viareggio
_97030460_mediaitem97030459

E esta atividade econômica tem uma história local de quase 200 anos: o primeiro estaleiro da cidade foi aberto em 1819, mas para construir barcos de madeira capazes de transportar o mármore extraído das famosas pedreiras da região. Isso foi o alicerce de uma indústria naval de ampla fama internacional por sua primazia em trabalhos de carpintaria.

Hoje em dia, Viarregio já não mexe tanto com madeira – super-iates hoje são feitos de metal ou fibra de vidro.

Vincenzo Poerio, diretor-executivo do estaleiro Benetti, baseado em Viareggio, acredita que as raízes artísticas da região tiveram influência no sucesso da indústria naval.

Viareggio fica na Toscana, região da Itália em que cidades como Lucca, Pisa, Siena e Florença ganharam fama com o artesanato e a arquitetura. E quem está em busca de um superiate quer que tudo fique perfeito – dentro e fora do barco.

Um ‘brinquedo’ para super-ricos
_97032449_mediaitem97030453

Poerio, por sinal, não esconde que seus clientes têm o que se pode chamar de pedidos desafiadores.

“Estamos construindo o que talvez seja o mais caro brinquedo do mundo”, afirma.

O executivo conta que é muito mais difícil construir um superiate do que um carro de luxo ou um jatinho particular.

“No nosso caso, temos que começar o projeto do zero na maioria das vezes. O cliente não está comprando um produto, mas sim construindo um. Na maior parte do tempo, é muito difícil gerenciar suas exigências”, completa Poerio.

Exigências de compradores não se limitam ao exterior do barco
_97030420_mediaitem97030419

Mais recentemente, empresas como a Beneti têm buscado facilitar o processo ao construir superiates menores, sem encomenda prévia. Isso porque clientes super-ricos são acostumados a conseguir as coisas quando querem. E um barco imediatamente disponível é uma grande atração.

A estratégia, claro, tem um risco: investe-se milhões sem saber se alguém vai comprar o produto.

Mas Burak Akgul, diretor de outro estaleiro da região, o Perini Navi, diz que não está muito preocupado.

“Somos uma tentação. E há sempre alguém que queira cair nela. A questão não é se vamos arrumar um cliente, mas quando vamos arrumar um cliente”, brinca Akgul.

Ele diz, inclusive, que a marca Perini se transformou em um símbolo de status.

“Temos visto clientes dizendo que chegaram a um ponto de sucesso pessoal em que precisam ter o Perini delas.”pode levar anos

Construção e embarcações pode levar anos
_97032238_mediaitem97032237

Outra vantagem de Viareggio é que as empresas da cidade desenvolveram também expertise para trabalhar em embarcações militares do mesmo tamanho de superiates – as técnicas de produção são similares. Algo bastante útil para as variações na demanda.

Não que clientes super-ricos sofram como o resto do mundo diante de crises econômicas. Massimo Perotti, dono do estaleiro San Lorenzo, conta que a empresa vendeu 20 iates durante a mais recente recessão mundial. A estratégia foi explorar mercados emergentes como Rússia, Índia e Brasil.

A crise, porém, causou um tipo de mudança: em vez de clientes apenas em busca de exibir sua pujança com um super-iate, a maioria dos clientes está genuinamente interessada em navegar.

O maior perigo para Viareggio é a competição de rivais europeus e, sobretudo, da China, cujos custos menores de trabalho e materiais permitem que esses países fabriquem barcos mais baratos.

‘Se você quer uma obra de arte, vai à Itália’, diz Massimo Perotti, dono da San Lorenzo
_97030350_mediaitem97030349

Mas Poerio, diretor-executivo da Benetti, diz que clientes “muito, muito, muito ricos” não estão apenas atrás de vantagens de preço.

“Quando as pessoas estão gastando milhões e milhões, a marca tem que significar algo”.

Poerio diz confiar no bom relacionamento com os clientes e na qualidade do serviço como forma de atrair clientes e de evitar que eles busquem barcos em outros lugares.

Perotti concorda com isso.

“Se você vai comprar um superiate, você quer tecnologia, design e luxo. Você sabe que não é barato e não vai querer ter um pelo menor preço.”

O dono do estaleiro San Lorenzo diz que a reputação artística de Viareggio ainda pesa.

“Os italianos são conhecidos pelo individualismo e a criatividade. Você compra um carro alemão porque sabe que os alemães são mais organizados Mas, se você quer uma obra de arte, vai à Itália.”

(Via BBC)

5 histórias em quadrinhos para começar a entender uma nova linguagem

Por Mauricio Zanolini 

A mídia mais influente da cultura pop do século XXI é uma forma complexa de comunicação com sua própria especificidade

Quando você olha para a página de um livro, sem ler as palavras impressas, não acontece quase nenhum tipo de comunicação. Além de identificar que o objeto é um livro e que as palavras estão impressas no papel formando uma mancha, não é possível saber de que se trata o texto.

4cfbce52c6ca28b7fc5b6e40b3482383

Já quando olhamos para uma imagem (vamos imaginar uma paisagem campestre), acontecem vários níveis de comunicação. As cores, a iluminação, o tipo de material usado para criar a imagem (pense na diferença de uma foto para uma pintura impressionista), os elementos da composição (se existem pessoas retratadas na cena ou não), tudo comunica.

Para acessar o livro precisamos aprender a decodificar as letras que formam as palavras e as frases. Historicamente quando Gutenberg inventa a prensa de tipos móveis no século XIII, começamos a ver a infância como uma fase distinta da vida(marcada pela incapacidade de acessar tal código). Antes disso o conhecimento era passado através da imagem e da linguagem oral. Só que agora tudo mudou mais uma vez.

No século passado, com o rádio, a TV, o computador pessoal e agora a internet móvel, temos o declínio da escrita como principal meio de armazenar e transmitir informação e a ascensão da imagem. No início desse processo entre o final dos século XIX e início do XX, nasceram os quadrinhos e o cinema como mídias de massa.

movie_storyboards_psycho

Ainda que primas, essas duas novas linguagens são bastante distintas entre si. Mesmo que uma espécie de história em quadrinhos (storyboard) seja uma etapa comum na produção de filmes, o produto final tem características menos complexas que um bom gibi. Numa sequência de imagens que aparecem na tela uma após a outra, nossa percepção é de acontecimentos isolados que se sucedem (mesmo que a cronologia da narrativa seja quebrada, com começo, meio e fim entrecruzados).

Nos quadrinhos, quando abrimos uma determinada página, a imagem do conjunto de todos os quadros que compõem a narrativa é apreendida como uma paisagem. As cores, a luz, as proporções dos quadros ou a ausência deles, já nos inundam com muitas camadas de significado. Antes de lermos as imagens de cada quadro e de decodificarmos as falas e pensamento do narrador e dos personagens, já somos inundados por um mar de informação.

A seguir listamos 5 histórias em quadrinhos que exploram ao máximo as possibilidade dessa linguagem única e que vão mudar o seu conceito a respeito da 9ª Arte. Se você quer sair da infância (ou voltar pra ela), comece por aqui:

1Watchmen (Alan Moore e Dave Gibbons – DC Comics, 1985)

rorschach

No contexto da Guerra Fria, super-heróis cheios de traumas e neuroses voltam à ativa para investigar o assassinato de um deles. Moore define para cada página de Watchmen a divisão base de 9 quadros (3 fileiras de 3 quadros cada). Essa estrutura, assim como a de um soneto, é seguida rigidamente ou é subvertida para marcar as características psicológicas de seus personagens. As páginas que mostram Ozymandias (personagem central da trama) são espelhadas, simétricas. Já o psicopata Rorschach, segue a divisão rígida da grade, sem emoções. O ritmo interno de cada personagem, suas limitações e intenções, se apresentam ao leitor antes mesmo da leitura começar.

2. Asterios Polyp (David Mazzucchelli, 2003)

figure028

Um arquiteto teórico e filósofo arrogante (Asterios), sempre desenhado em azul (ciano) com proporções geométricas perfeitas, se apaixona por uma professora de arte, representada por traços livres e espontâneos de cor vermelha (magenta). O caos que ela trás para a vida dele leva ao conflito e a inevitável separação. Asterios segue então uma jornada de autodescoberta magistralmente desenhada por Mazzucchelli, entre a linha rígida e o gesto livre, entre a razão e o sentimento.

3We3 (Grant Morrison e Frank Quitley. 2003)

we3panels

Três animais de estimação geneticamente modificados para se tornarem armas de destruição em massa fogem da instalação militar e lutam para não serem recapturados. O roteiro é simples mas a forma como a narrativa é apresentada é única. Temos que entender a história pela capacidade limitada de comunicação dos animais, que pensam de forma concreta, sem abstrações e metáforas. A arte segue esse mesmo caminho com páginas que fragmentam a ação e simulam um 3D impossível de ser reproduzido em outra mídia.

4. Trillium (Jeff Lemire, 2014)

trillium-jeff-lemire-nika-william-psychedelic-telepathy

Em 1921 um explorador procura um templo inca nas florestas do Peru. Em 3797 uma cientista tenta se comunicar com outra civilização para conseguir uma flor em um templo, que pode salvar a raça humana da extinção. Os dois personagens se cruzam ao entrarem no templo, cada um no seu próprio tempo cronológico. Lemire avança a narrativa dos dois personagens paralelamente, em páginas divididas ao meio, com uma divisão de quadros espelhada. O leitor pode optar por seguir a história de um personagem primeiro ou pode tentar ler os dois tempos cronológicos diferentes simultaneamente. Não é para os fracos.

5. Here (Richard McGuire, 2014)

Larson-Here05

Essa graphic novel é o desdobramento da mesma história publicada originalmente em 1989 na revista Raw. O autor nos mostra sempre o mesmo lugar, mas sobrepõe quadros de tempos históricos diferentes. Aos poucos esse mosaico de imagens momentos distintos vai formando uma narrativa. O leitor avança e volta as páginas para preencher as lacunas, lembrar, comparar e especular sobre a relação entre tantas imagens. Mais do que uma história sobre um ponto fixo, Here nos fala da nossa relação com o tempo e o espaço e o impacto de nossa presença no mundo. É o exemplo final de como imagens podem ser utilizadas para transmitir mensagens distintas de maneira efetiva.

(Via Papo de Homem)

Na série Fauxsaics, designer cria mosaicos tipográficos de todos os destinos que visita

Por Selena Escher 

Designer e escritor, Nicholas Misani vive em New York e, sim, vem ganhando o Instagram já que, ao criar belos mosaicos tipográficos dos lugares que visita ao redor do mundo, ele vai além das lembranças e souvenirs.

Na série Fauxsaics, Nick manipula digitalmente as fotos que ele tira usando um processo de mosaico, e assim nascem lindas imagens dos ladrilhos das cidades, dentre elas, Los Angeles, Atlanta, Cidade do México e Londres.

ada2d4c4c8b816142b899fcea43196adcdbfa9f1_860

“A ideia veio da minha paixão por letras, design de interiores e artes decorativas (que, antes deste projeto, nunca havia encontrado um ponto de interseção). Comecei a experimentar a criação digital de mosaicos na agência Louise Fili e, eventualmente, passei a desenvolver a minha própria técnica”, comenta.

Os mosaicos tipográficos são uma interseção entre essas suas três paixões.

follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-09

Compostas de 6.000 a 10.000 azulejos desenhados à mão, Nick acrescenta: “A autenticidade e o realismo são essenciais, por isso pequenas imperfeições são meticulosamente desenhadas em cada peça. Os sapatos vêm no final, para dar à série ‘fauxsaics’ uma escala e um lugar”.

follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-08

Não por menos, cada ilustração leva, em média, entre 12 e 24 horas para ser criada, dependendo da complexidade do padrão de ladrilhos.

Nascido em Milão, em uma família de designers de joias, Nick estudou arquitetura e design industrial. Depois de morar brevemente no Japão mudou-se para os Estados Unidos, e agora trabalha como designer sênior no estúdio Louise Fili, especializado em tipografia, branding e embalagens, em Nova Iorque.

follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-07

Premiado, Nicholas Misani é fascinado pela convergência das formas tradicionais e contemporâneas.

E se, assim como nós, você se encanta com mosaicos e destinos ao redor do mundo, conheça também o projeto I Have This Thing With Floors.

Acesse o trabalho de Nicholas Misani em seu site e o acompanhe a série Fauxsaics no Instagram!

follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-06 follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-04 follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-03 follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-02 follow-the-colours-fauxsaics-nick-misani-01

(Via Follow The Colours)

5 vezes em que a história foi mais maligna do que Game of Thrones

Por Felipe van Deursen 

Cinco momentos em que o ato de destruir igrejas com pessoas dentro é mais sinistro na história do que em “Game of Thrones”

A sexta temporada de Game of Thrones terminou em junho e mais uma vez brindou seus telespectadores com doses bíblicas de maldade e vingança. Cersei Lannister, agora rainha-pra-valer, sem esse de rainha-mãe, já assumiu para si a batuta de vilã a ser derrotada – mal o cadáver de Ramsay Bolton esfriou. Mesmo assim, seus feitos no último episódio encontram paralelos na história e até são superados em maldade. Explodir o Grande Septo de Porto Real foi um brilhante ato de vingança e também um atentado terrorista sem precedentes em uma série famosa pelas cabeças que rolam.

Que Deus perdoe essas pessoas ruins, que servem para lembrar que se Westeros é um lugar terrível para se viver, a Terra pode ser bem mais.

1 – Nas Cruzadas

577174940e216345751afab1640px-counquest_of_jeusalem_-10991

Em 15 de julho de 1099, guerreiros loiros empapados de sangue e fúria tomaram Jerusalém, mataram crianças, estupraram mulheres, trucidaram velhos. Saquearam mesquitas e casas da cidade sagrada. Os cruzados cristãos não pouparam ninguém e, em dois dias, não sobrou nenhum muçulmano ali (morreram, foram vendidos como escravos ou fugiram). Também sobrou para os judeus, que, desesperados, se esconderam na sinagoga. Os invasores os trancaram lá dentro e atearam fogo. Quem não morreu queimado foi assassinado na rua. Os francos mataram ao todo 70 mil pessoas.

2 – Nas Cruzadas (de novo)

577174940e216345751afab3726px-gustave_dore_crusades_entry_of_the_crusaders_into_constantinople1

Se nas primeiras incursões o objetivo principal das Cruzadas (conquistar Jerusalém) estava de fato na pauta dos guerreiros europeus, na quarta edição isso passou batido. Devido a uma série de erros de cálculo e pactos furados, os cruzados encalharam em Constantinopla e por lá ficaram. Os bizantinos acabaram se estranhando com os francos. O que era, no papel, uma guerra entre cristãos e muçulmanos virou uma batalha entre cristãos católicos e ortodoxos. A Basílica de Santa Sofia (que hoje é um museu e o cartão postal de Istambul, na Turquia) foi profanada de um jeito que invejaria os prostíbulos de Petyr Baelish. Teaser: paredes decoradas de cocô e prostitutas dançando nos altares.

3 – Na Ucrânia

0_ef354_5f405645_L

Se GoT tivesse inspirações eslavas em vez de britânicas, certamente Olga de Kiev seria uma fonte forte para as personagens mais insanas. Princesa viúva, ela se vingou de tudo que é tipo. Enterrou uns vivos, trancou outros em uma casa de banho para atear fogo, deu uma festa para embebedá-los e executá-los e, por fim, incendiou toda a cidade daqueles que mataram seu marido. Ah, e ela virou santa, por ter se convertido ao cristianismo e difundido a religião nas atuais Rússia e Ucrânia. Chupa essa manga, Cersei!

4 – Em Ruanda

Em 1994, a minúscula Ruanda entrou no noticiário internacional devido ao genocídio perpetrado por hutus contra tutsis, os dois povos que habitavam o país africano. Em um dia, uma milícia hutu de 7 mil homens invadiu uma igreja e um convento e massacrou os 20 mil tútsis que estavam refugiados ali. Em outro, o próprio padre ordenou que uma igreja fosse derrubada com 1500 pessoas dentro.

5 – Em 2016

577174940e216345751afab7752px-tantalus_gioacchino_assereto_circa1640s1

Desgraças do tipo não são exclusividade do nosso passado brutal e sangrento. Em março, duas mulheres se explodiram dentro de uma mesquita em Maiduguri, na Nigéria, matando pelo menos 22 pessoas. A cidade é o berço da organização Boko Haram, que, se trabalhasse para a Fé do Alto Pardal, daria muito mais trabalho aos Lannister do que aquele bando de moleques de bata e maça na mão.

Bônus: torta de seres humanos

Não é feitiçaria, é mitologia, mas está valendo. Tântalo era um semideus alpinista social, que queria ficar em pé de igualdade com os deus do Olimpo. Para provar que era um sujeito temível e esperto, matou, picou e cozinhou o próprio filho. Serviu a iguaria a um visitante, que depois revelou ser Zeus. Quando o poderoso deus descobriu o que estava comendo, condenou Tântalo a ficar eternamente amarrado a uma árvore cheia de frutas, sem conseguir comer nenhuma. Depois, os deuses ressuscitaram Pélops, o filho que tinha virado angu. Ele voltou à vida só para ver que sua família era atormentada pra valer. Seus dois filhos, Atreus e Tiestes, se odiavam. O primeiro perdeu a mulher para o segundo e, para se vingar, matou e cozinhou os dois filhos dele. Presenteou o irmão, que, diferentemente do que ocorrera entre Zeus e seu pai, comeu tudo sem pestanejar. Só depois Atreus revelou que Tiestes acabara de comer os próprios filhos, para seu total desespero. Vendo assim, Arya até que poderia pegar mais pesado com Walder Frey.

(Via Mundo Estranho)

As 38 pessoas mais burras do mundo

Por Luiza Sahd e Luiz Romero 

Reunimos a nata dos intelectualmente menos favorecidos. Trata-se de gente que, sem querer, cortou a internet de três países, incendiou a própria casa – tentando fazer coco virar ouro – e até morreu de burrice! A inspiração para selecionar os casos foi um artigo – mais sarcástico do que acadêmico – do falecido historiador italiano Carlo Cipolla. Em As Leis Básicas da Estupidez Humana, ele sugere que haveria quatro tipos de indivíduo (inteligentes, vigaristas, ingênuos e estúpidos), dependendo da relação entre o ganho pessoal e o prejuízo do outro. Aquele que se dá mal e ainda ferra com os outros é classificado como estúpido. Como os que você conhecerá a seguir…

1. A HACKER DA PÁ

Caçando fios de cobre para faturar um trocado, Hayastan Shakarian, 75 anos, realizou uma proeza que mataria qualquer hacker de inveja: ao escavar às margens de uma linha de trem, atingiu um cabo de fibra ótica e cortou a internet em três países por 12 horas. Moradora da Geórgia, que fornece 90% da internet à Armênia e parte das conexões do Azerbaidjão, a idosa, que nem sabe o que é internet, foi liberada por causa da idade 1 Hayastan Shakarian

2. A PRESSA É INIMIGA DA COMEMORAÇÃO

A apenas seis horas de completar 21 anos – idade mínima necessária para consumir bebida alcoólica no estado de Ohio, EUA -, o jovem Jesse Robinson foi preso, embriagado, na cidade de Springboro. Robinson, que estaria fazendo um “esquenta” para comemorar a chegada da maioridade, foi liberado após pagar fiança, mas passou suas primeiras horas da vida adulta em uma delegacia, além de tomar um puxão de orelha da família 2 Jesse Robinson

3. VAI QUE É TUA!

Pode dar em cima da gostosa da minha ex”, dizia o e-mail do britânico Harry Fildes para Sebastian Marsh, que se interessou pela antiga namorada do amigo em uma festa. O chato é que a garota, Jenni Palmer – que ainda morava com Fildes -, estava copiada, por engano, na conversa. Para piorar, o e-mail viralizou na internet e a privacidade de Jenni foi exposta a milhões de pessoas por meio de fotos indiscretas postadas na rede 3 Harry Fildes para Sebastian Marsh

4. CABEÇA ENFEITADA

Apressado para uma festa à fantasia, o inglês Shawn Merter saiu com a roupa do corpo e colou um minichapéu na cabeça. Primeiro, o mané tentou usar cola normal, mas o troço só parou na cabeça ao usar uma supercola. Na volta, Shawn não conseguiu desgrudar o adereço. Nem ele nem os médicos: a equipe serrou o chapéu e deixou a cabeça do paciente de molho em água morna por 12 horas para retirar o que sobrou

4 Shawn Merter 5 e 6. MININAZIS

O casal norte-americano Deborah e Heath Campbell batizou os três filhos com nomes inspirados no nazismo alemão. Ninguém tinha reclamado até que uma padaria se recusou a decorar um bolo de aniversário com o nome do filho mais velho, Adolf Hitler, de apenas 4 anos. Os pais foram denunciados e perderam a guarda de Adolf e das filhas, JoyceLynn Aryan Nation (Nação Ariana), 3 anos, e Honszlynn Hinler (possível referência a Heinrich Himmler, um dos líderes nazistas), de 2 anos 5 Deborah e Heath Campbell

7. SEM CONSERTO

A burrice de uma britânica derrubou o preço de uma antiguidade chinesa de mais de R$ 700 mil para cerca de R$ 150 mil. Para arrumar uma falha, ela arrancou um pedaço da urna da dinastia Qing a marteladas. Ela até pensou em jogar o objeto fora, mas uma casa de leilões pediu que não se desfizesse da relíquia para tentar vendê-la

8. DE PARAR O TRÂNSITO

A mania de tirar a roupa em comemorações e protestos populares deu em acidente. Para celebrar o Dia da Água, duas ambientalistas da organização Peta fizeram topless em uma rua de Los Angeles, distraindo vários motoristas. Um deles acabou batendo o carro e o acidente foi registrado pela TV CBS

9. TAPA NA FIRMA

Uma canadense, cujo nome não foi revelado, levou para o trabalho um bolo de maconha feito secretamente pelo filho e que estava guardado no congelador. Também sem saber do ingrediente mágico, três colegas provaram um pedaço, ficaram doidões e passaram mal. A mãe desavisada não foi punida, mas o filho cozinheiro teve de prestar serviço comunitário

10. JOGOS MORTAIS

Bastou um descuido dos pais para que o pequeno filho se perdesse numa estação de trem italiana, em Milão. Na distração, focado em algum jogo de seu videogame portátil, o garoto errou o pé e caiu de cara no trilho. O burrinho só está vivo graças ao resgate apressado de um policial

11. TIRO CIRÚRGICO

Incomodado com uma verruga na mão, o britânico Sean Murphy, 38 anos, abusou de pomadas e cremes na tentativa de retirá-la. Como nenhum dos tratamentos convencionais surtiu efeito, o maluco resolveu removê-la em casa com um tiro de calibre 12. O estrago foi eficiente até demais e Sean se livrou não só da verruga como também de metade de um dedo. Como se não estivesse encrencado o suficiente, ele ainda foi parar no xadrez por uso ilegal de arma de fogo. Além disso, a polícia ainda descobriu que a arma era roubada

12. DESCULPE, FOI ENGANO

Na correria do dia a dia, é comum trocar nomes, esquecer de pagar contas ou telefonar para números errados. Que o diga a britânica Victoria Stacey. Distraída, a mulher mandou uma mensagem para o celular do marido: “Que tal outro final de semana no hotel Marriott em Birmingham?” O problema é que, na verdade, o SMS era para o amante. Quando descobriu a traição, o marido ameaçou a esposa de morte com um sapato na mão. Agora, é ela quem está movendo um processo judicial contra ele por agressão física

13 e 14. FICANDO ATOLADINHOS

Sexo seguro no carro é sexo com o motor desligado. Tentando apimentar a relação, um casal alemão resolveu dar uns amassos às margens do Reno com o motor ligado para não passar frio. No entusiasmo, os pombinhos chutaram o câmbio automático e mudaram de “estacionar” para “dirigir”. O carro não só andou como também mergulhou. A dupla precisou de ajuda do serviço de resgate local para conseguir sair de dentro da água

15. CARA, CADÊ MEU CARRO?

Esquecer onde estacionamos o carro é um saco. Imagine, então, levar três anos para encontrá-lo! Foi o que rolou com Gerald Sanctuary, 80 anos, em Hertfordshire, no Reino Unido. Apesar da queixa na polícia, o veículo só apareceu quando uma atendente reparou em um carro muito sujo, parado havia pelo menos um mês, num estacionamento público da cidade. E adivinha quem era o dono do veículo…. red_01carfound.jpeg

16. SEU GUARDA, EU NÃO SOU VAGABUNDO

Em vez de roubar qualquer carro, Peter Theado, de Amherst, nos EUA, quis levar logo uma viatura! O cara invadiu o estacionamento da polícia, escondeu-se no veículo e só foi notado quando um guarda quis sair com o carro e não conseguiu abri-lo. Peter ainda usou o rádio para pedir orientações sobre como ligar a viatura e sair em patrulha para proteger a população

17. OURO NEGRO

Algumas ideias valem ouro. Obviamente não foi o caso do estudante irlandês Paul Moran, 30 anos. Metido a alquimista, o cara pretendia usar seus conhecimentos para transformar cocô em ouro, aquecendo os excrementos em um forno elétrico. Devido a um curto-circuito no aparelho, o maluco incendiou sua casa e acabou incriminado por isso. Além de cumprir três meses de reclusão, teve de prestar serviços comunitários por um ano

18. FIGURAÇÃO MORTAL

Uma norte-americana do estado do Missouri não foi avisada de que seu trabalho como figurante em uma instalação artística de Halloween era de mentirinha. A jovem (cuja identidade não foi revelada por ter apenas 17 anos), devia ficar paradinha em uma das sete cenas montadas na escola, ambientada num banheiro. Mas escorregou e acabou com o pescoço pendurado em uma forca. Apesar de ter sido encontrada sem respirar, a garota sobreviveu

19 e 20. OVERDOSE DE IDIOTICE O policial norte-americano Edward Sanchez roubou maconha no trabalho, consumiu a droga junto com a esposa e ficou doidão. Tanto que ligou para o serviço de emergência dizendo estar com overdose. “Nós estamos morrendo. Fizemos um bolo de maconha e eu acho que estamos mortos.” Sanchez foi afastado da polícia

21. PRIMEIRA VIAGEM

A adolescente Elizabeth Frisinger perdeu a virgindade durante uma excursão da escola. Mas, na hora de espalhar a notícia, errou a mão ao escolher o destinatário da mensagem e contou tudo para o próprio pai: “OMG! Acabei de ter minha primeira vez na praia! Queria que você estivesse aqui!” A resposta veio seca: “Acredito que essa mensagem era para outra pessoa. A excursão acabou”. Junto, o pai encaminhou o número do voo que ela pegaria na manhã seguinte. Era o fim da viagem e o começo de um longo castigo 7 Elizabeth Frisinger

22. QUATRO PARAFUSOS A MENOS

Voltando para casa depois de uma festa de Ano-Novo, o britânico Andrew Mackay estava tão chapado que nem reparou em um detalhe: seu carro estava sem uma roda. E não foi por falta de sinais: o veículo desviava para a direita e o contato entre o eixo e o asfalto gerava faíscas. O bêbado só se deu conta da burrice quando foi parado pela polícia. Com três vezes mais álcool do que o permitido no sangue, Mackay foi condenado a prestar serviço comunitário e proibido de dirigir por três anos. Ufa!

23. CARGA PESADA

Como acontece com qualquer um, o jovem Cody Wilkins, 25 anos, colocou o telefone na tomada e esqueceu. O problema é que ele fez isso durante um assalto. O filho do dono da casa invadida notou a presença do intruso e chamou a polícia enquanto ele fugia. Revistando a casa, a família encontrou um telefone que não era de nenhum morador. Pelo aparelho, a polícia descobriu a identidade do sujeito e descobriu que ele era o autor de outros dez crimes do tipo na região

24. FOGO AMIGO

O Racing Club de Ferrol, time da quarta divisão do futebol espanhol, celebrava um gol importante no campeonato. Durante a comemoração, os jogadores fizeram a tradicional rodinha, cheia de abraços e sorrisos. O jogador Rafa Casanovas se aproximou dos colegas para comemorar e acabou levando, por acidente, um soco de um dos companheiros de equipe. A batida foi tão forte que o atleta teve de ser retirado de maca para receber atendimento. Rafa, porém, demonstrou garra e retornou ao jogo alguns minutos depois 8 Racing Club de Ferrol,

25. COMPRADOR COMPULSIVO

Em agosto de 1890, aconteceu a primeira execução de um criminoso em cadeira elétrica, nos EUA. Assim que o imperador Menelik 2º da Abissínia (atual Etiópia) ouviu falar da novidade, foi logo encomendando três cadeiras elétricas aos norte-americanos. Só quando a encomenda chegou, descobriu-se que de nada adiantaria, já que não havia energia elétrica no país. Solução: uma delas foi usada como trono imperial 9 Menelik 2º da Abissínia

26. PASSEIO INOCENTE

Durante um test drive em Sydney, Austrália, o cliente gostou tanto do Mitsubishi Lancer da loja que tentou despistar o vendedor para fugir com o veículo. Quando os donos da concessionária acionaram a polícia, passaram a fotocópia da carteira de motorista que o malandro havia deixado na loja. O carro foi encontrado, com facilidade, bem em frente à casa do meliante, de 26 anos, que não teve a identidade revelada

27. VIDA ETERNA, SÓ QUE AO CONTRÁRIO

Preparando a fantasia para o Halloween da faculdade, um estudante dos EUA colocou uma placa de madeira sob a camisa para cravar um facão no peito. Infelizmente, a tábua não aguentou o impacto da martelada que ele mesmo executou. As últimas palavras do garoto antes de morrer foram: “Não acredito. Eu realmente fiz isso”

28. BURRO SOCIAL

Já esqueceu seu perfil do Facebook aberto em algum computador? Seus amigos postam piadinhas constrangedoras e a humilhação acaba logo. No caso de Jonathan Parker, a distração deu em prisão. Ele deixou o perfil escancarado no computador da mulher que tinha acabado de roubar. Ao chegar em casa, na Pensilvânia, nos EUA, a vítima percebeu que dois anéis de diamante haviam sumido. Não foi difícil recuperá-los depois de encontrar todos os dados do ladrão dando sopa na tela. Vai demorar para ele voltar a atualizar o status…

29. A PROFESSORA BOMBOU

Você já mentiu para não ter que ir estudar ou trabalhar? Não deve ter feito pior do que Jennifer Gomes. Em vez de telefonar alegando uma falsa conjuntivite ou uma morte na família, esta professora de ginástica de Denver, nos EUA, forjou uma ameaça de bomba na escola particular em que dava aulas. Deixou secretamente uma carta que dizia: “Tem um explosivo lá dentro”. A polícia conseguiu descobrir a autoria da “brincadeira” e Jennifer teve que desembolsar US$ 2 mil de multa. E olha que a folgada só trabalhava um dia por semana…

30. CHAMAS DA BURRICE

Para dormir quentinha, a sexagenária australiana Janette Wardell teve a genial ideia de aquecer seu pijama no micro-ondas. Os bombeiros demoraram 45 minutos para controlar o fogo resultante da explosão. A senhorinha escapou das chamas com a ajuda de vizinhos e, apesar de não ter se machucado, foi levada ao hospital – quem sabe para um exame psiquiátrico?

31. CÂMERA INDISCRETA

Supostamente distraído por um pelicano em uma estrada do Texas, nos EUA, Andy House teria arremessado seu Bugatti Veyron – modelo com apenas 300 exemplares no mundo, fabricado na França e avaliado em US$ 1 milhão – em um lago. O espertão só não sabia que estava sendo filmado e a gravação seria usada pelo seguro para acusá-lo de golpe. A proeza de Andy foi vista milhões de vezes no YouTube

32. ACHADOS E PERDIDOS

Outra velhinha na casa dos 60 anos, a neozelandesa Patricia Wright apareceu na delegacia para pedir que devolvessem seu saquinho de maconha. Ela havia perdido o pacote (com 19 baseados, um cachimbo e um celular), que foi encontrado e entregue à polícia. O máximo que conseguiu foram seis meses de liberdade vigiada

33. OBRA DE ARTE

Uma funcionária da limpeza do museu Ostwall, de Dortmund, na Alemanha, destruiu uma obra do artista Martin Kippenberger avaliada em quase R$ 2 milhões. O acidente aconteceu quando a faxineira resolveu dar um trato na peça, que tinha como característica principal uma mancha branca. A limpeza deu tão “certo” que o museu fez uma avaliação detalhada e já divulgou que o dano é irreversível

34. REFORMA FORÇADA

O norte-americano Dan Reeves é tão apaixonado por aviões que construiu a própria aeronave no porão de casa. Reeves trabalhou por cerca de nove anos na empreitada, só que, quando a máquina ficou pronta, percebeu que tinha um probleminha: o avião não passava por portões e janelas, o que obrigou o morador da Pensilvânia a derrubar paredes da casa para liberar a máquina voadora 10 Dan Reeves

35. ALÔ, POLÍCIA

O detento Dwayne Kennedy cumpre pena em regime fechado na Califórnia, nos EUA, desde 1990. No dia em que seria libertado, Kennedy arranjou um celular emprestado dentro da prisão e ligou para a família, todo feliz, para contar a notícia. Como o uso dos aparelhos é proibido no xadrez, Dwayne acabou pego em flagrante, recebeu uma pena extra de 5 anos

36 e 37. É LOGO ALI

Um casal sul-africano resolveu curtir as férias em Eastbourne, na Nova Zelândia. Ao desembarcar no aeroporto internacional, descobriram que o hotel em que ficariam hospedados não existia. Pouco tempo depois, sacaram o tamanho da besteira que fizeram: estavam a 19 mil km de distância do hotel porque confundiram Inglaterra e Nova Zelândia e fizeram as reservas na cidade errada. O valor das diárias não foi reembolsado, mas a história comoveu um farmacêutico local, que cedeu um quarto na casa para os pombinhos desgovernados

38. BEBER, CAIR, LEVANTAR

Se beber, não dirija” não bastaria como alerta para o norte-americano Keith Gruber. O cara, de 49 anos, foi preso sem direito a fiança por dirigir embriagado tomando uma lata de cerveja e carregando outras quatro em um saco, nos Estados Unidos. Na data marcada para o julgamento, Gruber chegou ao tribunal uma hora e meia atrasado porque estava tomando umas e outras. Quando foi questionado pelo juiz, o réu confirmou que estava completamente bêbado e tentou – obviamente sem sucesso – se desculpar

(Via Mundo Estranho)

O segredo mais bem guardado de Nova Iorque: incríveis casas construídas em telhados

Por Idealista

O que fazer quando não há espaço para construir? Há duas opções: demolir edifícios antigos e substitui-los por outros mais modernos ou ser criativo e tentar encontrar espaço nos terraços/telhados para construir uma casa nas alturas. É isso que estão a fazer alguns nova-iorquinos, que com a falta de espaços residenciais em Manhattandecidiram construir o seu próprio lar no topo de edifícios históricos. Este é um dos segredos imobiliários melhor guardados da cidade dos arranha-céus.

azoteas_nueva_york_01 azoteas_nueva_york_02 azoteas_nueva_york_03 azoteas_nueva_york_04 azoteas_nueva_york_05 azoteas_nueva_york_06 azoteas_nueva_york_07 azoteas_nueva_york_09 azoteas_nueva_york_10 azoteas_nueva_york_11 azoteas_nueva_york_12 azoteas_nueva_york_13 azoteas_nueva_york_14 azoteas_nueva_york_15 azoteas_nueva_york_16 azoteas_nueva_york_17

(Via Idealista)

36 fatos que parecem mentira

Por Incrível

Não importa se você é jovem ou velho, algumas coisas sobre o mundo são simplesmente impossíveis de saber. Não porque elas sejam difíceis, mas porque elas parecem mentiras.

Hoje, trazemos uma seleção de fatos curiosos que vale a pena conferir.

Biologia 

7868060-20964210-1-0-1494428733-1494428734-650-1-1494428734-650-a542d8629a-1494539554

  • A probabilidade de que, no copo d’água que bebemos, exista uma molécula que esteve no corpo de um dinossauro é quase de 100%. (Fato)
  • O beija-flor é a única ave que sabe voar para trás. (Fato)
  • O nosso corpo tem 10 vezes mais bactérias do que células ’normais’. (Dato)
  • Não é possível distinguir as impressões digitais dos coalas das dos humanos, nem mesmo com um microscópio eletrônico. (Fato)
  • Os tardigrados são as criaturas mais resistentes do mundo. Podem sobreviver em condições de frio extremo, ebulição, radiação e até mesmo no espaço. (Fato)
  • O tempo que separa a época dos tiranossauros da época dos estegossauros é maior que o tempo entre a existência dos tiranossauros e nós. (Dato)
  • Lombrigas da terra têm 5 corações. (Fato)
  • O coração da baleia azul é tão grande que um ser humano poderia nadar nas suas artérias. (Fato)
  • O DNA humano é 50% idêntico ao DNA de uma banana. (Fato)
  • O mel é o único alimento que não estraga nunca. Após um ou dois anos ele tem o mesmo gosto. (Fato)

Física

7868110-20964310-2-0-1494428744-1494428746-650-1-1494428746-650-e1f2632e56-1494539554

  • Desde o momento do descobrimento de Plutão até o momento em que ele perdeu o status de planeta, este corpo celeste ainda não completou nem uma volta em torno do Sol. (Fato)
  • Um dia em Vênus dura mais que um ano em Vênus. (Fato)
  • Titã, uma lua de Saturno, tem uma gravidade tão baixa e uma atmosfera tão densa que se tivéssemos asas pequenas poderíamos voar. (Fato)
  • Em um copo d’água há mais moléculas que o equivalente a copos d’água nos oceanos da Terra. (Fato)
  • A trajetória de uma nave espacial é uma elipse complexa. (Fato)
  • Em Saturno e em Júpiter chovem diamantes. Uau! (Fato)
  • Se o Sol fosse uma célula de um ser humano, a Via Láctea seria do tamanho dos Estados Unidos. (Fato)
  • Se cavássemos um túnel que atravessasse a Terra e saltássemos, em teoria chegaríamos do outro lado em 42 minutos. (Fato)

Geografia e História 

7868160-7-650-eadce17945-1494539554

  • Ainda é possível notar do espaço a fronteira entre a Alemanha Oriental e a Alemanha Ocidental pelas diferentes lâmpadas usadas. (Fato)
  • A superfície da Rússia é maior que a de Plutão. (Fato)
  • Cleópatra viveu em uma época mais próxima à chegada na Lua que à construção das pirâmides. (Fato)
  • No topo do Everest há sinal de celular. (Fato)
  • 14 anos antes de o Titanic afundar foi escrito um livro sobre o seu naufrágio. (Fato).
  • Não se sabe quem inventou o hidrante. A sua patente se queimou no escritório de patentes em Washintgon, D.C., em 1836. (Fato)
  • Neil Armstrong precisou preencher um documento migratório quando voltou aos EUA da Lua. (Fato)
  • O francês foi o idioma oficial da Inglaterra durante mais de 600 anos. (Fato)
  • O imperador romano Calígula declarou guerra ao deus dos mares Poseidôn e ordenou que os soldados lançassem suas lanças ao mar. (Fato)
  • A cada 2 minutos tiramos mais fotos do que toda a humanidade no século XIX. (Fato)
  • Quando a Warner Brothers foi fundada, o Império Otomano ainda existia. (Fato)

Cultura geral

7868210-1387327259_10-650-69c898a2ab-1494539554

  • Steven Spielberg abandonou os estudos em 1968. Em 2002 ele voltou a estudar para terminar a escola. Fez isso para mostrar gratidão aos seus pais pela oportunidade de ter tido uma formação profissional. (Fato)
  • Quase todos os artigos disponíveis na Wikipédia em algum momento se relacionam com a filosofia. (Fato)
  • A lata de refrigerante normal afunda na água; a de refrigerante diet, não. (Fato)
  • Se o ser humano fosse capaz de perceber ruídos de menos de 20 Hz, ele poderia escutar como se movem os músculos. (Fato)
  • Um em cada 10 islandeses publica pelo menos 1 livro durante a vida. (Fato)
  • 99% da energia que o microondas consome é usada em modo de espera, não no aquecimento em si. (Fato)Na bandeira da Noruega podemos encontrar as bandeiras de outros 6 países: Indonésia, Finlândia, Holanda, Tailândia, Polônia e França.7868260-20964410-3-0-1494428753-1494428754-650-1-1494428754-650-32e9147584-1494539554

(Via Incrível)

31 citações que te causarão arrepios.

Por Jader Menezes 

Eu acredito que citações é uma forma bem poderosa de transmitir uma atitude para você, sendo que algumas vezes, isso ressoa tão forte dentro de você que bate aquele “arrepio”. Aqui vai uma lista das citações que mais me deram esses “arrepios”. Espero que gostem!

hires_1369400913_595

Algumas pessoas morrem aos 25 e não são enterradas até chegarem aos 75
Benjamin Franklin

A maioria das pessoas são outras pessoas. Seus pensamentos são opiniões de outros. Suas vidas são mimetismo. Suas paixões são citações.
Oscar Wilde

Existem duas possibilidades: Ou a gente está sozinho no universo, ou não. Ambas são igualmente assustadoras.
Arthur C. Clark

Grandes espíritos encontram frequentemente oposição violenta por parte de mentes medíocres.
Albert Einstein

De todas as palavras quem saem de uma boca ou de uma caneta, as mais tristes são essas: Poderia ter sido.
john Greenleaf Whittier.

Eu não tenho medo do homem que praticou 10000 chutes, mas tenho medo daquele que praticou o mesmo chute 10000 vezes.
Bruce Lee

Quando você olha muito tempo para o abismo, o abismo olha de volta para você.
Friedrich Nietzsche

Não permita que a educação escolar interfira na sua educação
Mark Twain

Um homem pode morrer, nações podem ascender e cair, mas uma ideia vive
John F. Kennedy

Não é uma medida de saúde ser bem ajustado a uma sociedade profundamente doente.
Jiddu Krisnamurti

Todo homem morre, mas nem todo homem vive.
Willian Wallace

Seja gentil, todos que você encontra estão em uma árdua luta.
Platão

Algumas pessoas causam felicidade onde quer que vão, outras seja quando forem.
Oscar Wilde

Não teria eu destruído meu inimigo quando o fiz meu amigo?
Abraham Lincoln

Amar é reconhecer a si próprio em outro.
Eckhart Tolle

Preconceitos raramente são destruídos por argumentos, pois sendo fundados sem razão, eles não podem ser destruídos pela lógica.
Tryon Edwards

Se você quiser construir um navio, não angarie homens para coletar madeira, dividir o trabalho e dar ordens. Ao invés, ensine-os a ansiar pelo vasto e infinito oceano.
Antoine de Saint-Exupery

Aqueles que abandonam a liberdade essencial para obter uma segurança temporária não merecem nem a liberdade nem a segurança.
Benjamin Franklin

Apenas quando a última árvore morrer e o último peixe ser capturado nós perceberemos que não podemos comer dinheiro.
Provérbio indiano.

E não se esqueça que a Terra adora sentir seus pés descalços e o vento se diverte em brincar com seu cabelo.
Khalil Gibran

Tente o máximo que puder estar completamente vivo, com toda sua força, e quando você rir, ria como um louco, quando se enfurecer, enfureça-se com vontade. Tente estar vivo. Você morrerá muito em breve.
Willian Saroyan.

(Via O Segredo)