HubblePhone celular futurista é diferente de tudo que você já viu

Por Renato Santino

Quer um celular que não se pareça em absolutamente nada com o que está no mercado? Se a Turing, empresa baseada em Hong Kong, conseguir concretizar seu plano, você pode ter um smartphone único em 2020, quando a empresa prevê lançar o HubblePhone.

20180801195916_660_420

O aparelho é tão único que chega até mesmo a ser difícil descrevê-lo com palavras, mas vamos tentar o nosso melhor. É um smartphone que lembra um pouco os aparelhos de flip, com duas telas (praticamente todo revestido com tela, na verdade), fazendo uso da tecnologia de displays OLED flexíveis. Uma das partes pode ser movimentada em vários ângulos e direções, o que permite até mesmo que o aparelho seja usado de forma similar a um notebook.

turing-hubblephone-2

Há outras características curiosas no HubblePhone. Ele será compatível com redes 5G e sua câmera principal terá 60 megapixels, mas ele também terá quatro outras câmeras de 12 megapixels espalhadas pelo corpo do aparelho. Haverá duas baterias: uma de 2.800 mAh e a outra de 3.000 mAh. O sistema operacional é o Android P e o Turing Keplerian OS, baseado no FreeBSD.

Turing-Hubblephone-real-life-image-leak-5

A questão, no entanto, é se a Turing é capaz de entregar o que promete. Além do fato de o aparelho ser completamente fora da realidade, a empresa tem um histórico ruim. Fundada na Califórnia por ex-funcionários da Nokia, logo a Turing foi relocada para a Finlândia. Por lá, teve que parar de produzir celulares após atrasos na entrega, teve suas propriedades confiscadas e devia 2 milhões a credores. Foi quando a empresa decidiu migrar para Hong Kong.

Se você acredita na proposta da Turing e tem interesse no HubblePhone, prepare-se porque ele será caro. O modelo tem um preço sugerido de US$ 2.750, o que é mais do que o dobro de um iPhone X, comercializado a US$ 1.000.

(via Olhar Digital)

Turing-Hubblephone-real-life-image-leak-4 HubblePhone-Scam-Header-980x518 turing-hubblephone

Capinha da Motorola transforma seu celular em caixa de som poderosa

Por Bruno de Blasi

Acessório da Motorola transforma celulares da linha Moto Z em caixa de som por R$ 449.

Moto Snap Stereo Speaker é o acessório ideal para amantes da música que possuam celular da linha Moto Z. Transformando o smartphone numa verdadeira caixa de som, a capinha da Motorolagarante mais volume e qualidade na execução de músicas, sem a necessidade de configurar o Bluetooth ou de conectar fios. Além disso, é possível realizar chamadas viva-voz e ver filmes e séries com mais conforto.

moto-snap-6

Anunciado em abril de 2018, o acessório é encontrado por R$ 449 na loja da Motorola. Ele é compatível com o Moto ZMoto Z PlayMoto Z2 PlayMoto Z2 Force e Moto Z3 Play. O TechTudo testou o novo módulo da linha Moto Snap com um Moto Z2 Force rodando Android 8 (O). Confira os detalhes dessa análise nas linhas a seguir.

Design

Assim como outros Moto Snaps, o acessório também é encaixado na parte de trás do celular. Não é preciso colar nem conectar nada, pois um engenhoso sistema ímãs mantém os dois aparelhos juntos.

moto-snap-1

A instalação repete a simplicidade dos demais modelos: basta acoplar no celular e pronto. A partir daí, todos os aplicativos, como o SpotifyNetflix e YouTube, passam a reproduzir áudio pela caixa de som da capinha, sem precisar de nenhuma configuração ou app específico para a tarefa.

O material é bem aderente às mãos, apesar de o uso mais provável ocorrer sobre mesas e bancadas, entre outras superfícies. Isto se dá tanto por conta do posicionamento das caixas de som quanto pelo suporte bem resistente – ele não se fecha facilmente – que mantém o celular de pé na horizontal.

O interessante desse suporte é que dá para assistir a filmes e séries com bastante conforto, pois a angulação é ótima. Porém, durante os testes, a inclinação não se mostrou a ideal para reproduzir conteúdos no smartphone enquanto o usuário está deitado – este é o seu maior ponto negativo.

moto-snap-4

O som

O Moto Snap Stereo Speaker surpreendeu logo de cara: o som é bastante limpo e tem ótima qualidade. Além de alto, a equalização é bastante equilibrada, mas descarta graves intensos.

Durante os testes, músicas com grande presença de agudos renderam bons resultados, com quase nenhum ruído. O mesmo pode ser dito para filmes e séries, cujos diálogos foram compreendidos sem dificuldade, mesmo quando a cena é muito barulhenta.

Quanto ao viva voz, o microfone não funcionou de início, mas depois tudo fluiu normalmente. O áudio conta com alguns ruídos aceitáveis, com bom volume de captação e voz limpa tanto no envio quanto no recebimento

moto-snap-2

Bateria

Ao contrário de outros Snaps, a caixinha de som não conta com uma bateria integrada. Ou seja, depende da energia do celular para funcionar. Também não é econômica e consome uma quantidade considerável de carga durante o uso.

Nós dividimos o nosso experimento em duas partes. Primeiro botamos o Moto Speaker para tocar música por streaming online. Duas horas depois, a bateria do celular + acessório tinha caído 14 pontos percentuais. Fizemos o mesmo com reprodução de filmes e séries no aplicativo da Netflix: a queda foi de 26 pontos percentuais após duas horas de uso.

E aí, vale a pena?

A Motorola cumpre o que promete: o Moto Speaker oferece bons graves, agudo equilibrado e volume alto, característica particularmente interessante para quem está pensando na próxima festinha em casa. A fabricante destaca as múltiplas possibilidades do acessório, como ouvir música enquanto usa o PC ou realizar ligações em viva-voz.

Outro ponto interessante está na simplicidade. Diferentemente de caixas de som como a JBL Go, o usuário não precisa de conexões Bluetooth para usar o acessório. Basta acoplar o módulo na traseira do celular e sair ouvindo.

No entanto, o preço é pouco atrativo. Inicialmente a Motorola vendia o módulo por R$ 399, mas depois o preço subiu para R$ 449. A diferença é pouca em relação ao módulo JBL SoundBoost 2, que também funciona em celulares Moto Z e oferece bateria integrada de 1.000 mAh.

Talvez seja mais interessante adquirir o Moto Speaker junto com o próximo celular, visto que o kit incluindo o Moto Z3 Play sai por R$ 2.599 – neste cenário, o preço da caixinha seria de R$ 300.

Vale lembrar que o acessório é compatível apenas com os celulares da linha Moto Z (Moto Z, Moto Z Play, Moto Z2 Play, Moto Z2 Force e Moto Z3 Play) e não funciona com outros aparelhos da Motorola nem de outras fabricantes. Em 2018, a Motorola também anunciou o Polaroid Insta-Share, que imprime fotos instantaneamente, e o Power Pack & TV Digital, com antena de TV Digital.

(via TechTudo)

Conheça a câmera-drone em forma de bracelete que volta voando para você depois de fotografar

Por Hypeness

E se você pudesse ter um fotógrafo particular onde quer que fosse? E se os ângulos das fotos fossem além do ângulo do selfie? O Nixie é um conceito ambicioso que une as ideias de câmera fotográfica, drone e bracelete. Um dos finalistas do projeto Make It Wearable (“Torne vestível”, em português), realizado pela Intel, o projeto permite revolucionar a forma com que você tira fotos, seja em momentos tranquilos ou durante as mais diversas aventuras.

O drone possui hélices flexíveis, que podem ser presas ao pulso. No centro, uma câmera está pronta para tirar fotos em alta definição, e sincronizá-las com o smartphone, assim que o gadget se soltar e voar. No ar, imagens são capturadas dos mais inusitados ângulos, rendendo resultados incríveis e, ao finalizar as fotos, o drone volta como um bumerangue, prendendo-se novamente ao pulso.

nixie7

O que poderia ser mais um gadget vindo do mundo de Harry Potter é, na verdade, um conceito plausível e que vai deixar você de queixo caído. Ainda em desenvolvimento, o Nixie é o foco de um time de especialistas em engenharia, física e ciência da computação, que pode revolucionar a ideia de tirar fotos. Se você acha que uma GoPro é incrível, dê o play no vídeo acima:

nixie9 nixie8 nixie6 nixie5 nixie4 nixie3 nixie2

(via Hypeness)

Este termómetro tem Wi-Fi. já vais perceber porquê

ShifterBanner 09 - Avai Correa

Por Mário Rui André.

Não pensámos escrever sobre termómetros, mas este está a suscitar curiosidade em plena CES.

Telemóveis, relógicos, carros, frigoríficos… praticamente tudo na nossa vida já é “inteligente” – ou seja, está conectado à Internet. Mas quando pensávamos que já não havia mais “inteligência” para dar, eis que uma empresa francesa chamada Withings nos vem mostrar um termómetro… diferente.

withingsthermo_01-1000x641

Diferente porque o Thermo – assim se chama – tem wi-fi e foi pensado para ser muito menos invasivo e complicado que os outros termómetros que colocas na tua bocao ou… em outros sítos. O Thermo é para ser colocado ao lado da cabeça (uma região conhecia como têmporas), junto às artérias, sendo a temperatura do corpo medida através de 16 sensores de infra-vermelhos. O termómetro vai procurar os “pontos quentes” na tua cabeça e vibrar quando os detectar, mostrando de seguida a temperatura no ecrã táctil que possui. Todo o processo deverá demorar apenas 2 segundos.

Existe uma app para telemóvel com a qual o Thermo comunica através de wi-fi ou Bluetooth, e que serve para guardar os valores obtidos ao longo do tempo, podendo essa informação ser posteriormente partilhada com o teu médico. Também podes usar a app para definir alertas e para registar medicação e sintomas. O Thermo é capaz de medir a temperatura a várias pessoas da tua família sem as confudir entre si – só tens de escolher o nome do familiar no visor.

withingsthermo_02

O Thermo não é o primeiro termómetro de infra-vermelhos e existe alguma controvérsia quanto à precisão deste tipo de termómetros. Contudo, este termómetro de 100 dólares trazer uma sensação muito necessária de eficiência e de elegância a um dispositivo que todos eventualmente usamos, que todos temos lá por casa, mas de que ninguém gosta.

A Withings está a mostrar o Thermo no CES, feira de tecnologia em curso em Las Vegas. O produto já foi considerado uma das inovações do evento.

A evolução da máscara de snorkel

ExtremosBanner 09 - Avai Correa

Por Elias Luiz.

Para muitas pessoas usar uma máscara de snorkel parece ser difícil e complicado. Então uma empresa francesa resolveu desenvolver uma máscara mais prática e de fácil uso para iniciantes, e com isso desenvolveram a Easybreath Snorkeling Mask que em tradução livre seria: Máscara de mergulho de fácil respiração.covet-easybreath-snorkeling-mask_

As máscaras tradicionais obrigavam a pessoa a respirar apenas pela boca. A Easybreath é uma máscara que cobre todo o rosto e permite uma respiração “natural” com o nariz e boca. Proporsiona um ótimo campo de visão de 180º durante o mergulho e ela não embaça devido ao duplo sistema de fluxo de ar.

Para evitar que a água entre no tubo quando o mergulhador submergir, o mecanismo Dry Top é acionado.

A Easybreath custa R$ 299,00 e pode ser comprada na loja onilne Decathlon, no Brasil.mask_piquet

Bike elétrica pode carregar mais de 20kg de bagagem com autonomia de 110 km

Olhar DigitalBanner 09 - Avai Correa

Famosa por dar o primeiro passo em assuntos pertinentes à sustentabilidade e melhor aproveitamento de recursos vitais para a existência humana na Terra, a Alemanha já tem um histórico de popularização do uso de bicicletas num cenário onde os carros sempre tiveram espaço: grandes centros urbanos.cargobike1-900x759

Seguindo essa tendência, uma bike elétrica que pode carregar mais de 20 kg e e percorrer mais de 110 com apenas uma recarga chega ao mercado alemão e pode popularizar ainda mais o uso de bicicletas no ramo de prestação de serviços no mundo todo.

Embora seja infinitamente menos poluente que um carro, bicicletas tradicionais são lentas – dependem do ritmo do usuário – e têm uma capacidade de transporte irrisória comparada ao veículos automotivos. É aqui que a Feddz ganham muitos pontos: com um espaço reservado entre as estruturas de alumínio e acima da bateria que auxilia a locomoção do ciclista, ela é capaz de carregar mais de 20 quilos de produtos variados, que ficam seguros e acondicionados confortavelmente no corpo do veículo.

A bike é municiada com uma bateria que pode ter autonomia de até 110 km na versão premium, e pode atingir a velocidade de 45km/h, dependendo do modelo e carga de transporte. Ainda há uma entrada USB que pode alimentar qualquer dispositivo compatível. Os modelos variam conforme autonomia e velocidade, entretanto a versão mais barata sai por 6.690 euros.

Embora tenha um preço bastante caro para essa um veículo desse tipo, o sucesso dessa ideia pode representar uma tendência menos poluente para o tão aguerrido mercado de entregas e prestação de serviços em todo o mundo.cargobike8-900x655 cargobike7-900x419 cargobike6-900x554 cargobike5-900x554 cargobike4-900x470 cargobike3-900x427 cargobike2-900x554

Moleskine é pra fracos! Conheça o Rekonect

ArakaBanner 09 - Avai Correa

Por Michel Mendes.

A grande vantagem do Moleskine (e eles cobram caro por isso) é que as folhas não despencam nunca. Quem já tentou comprar um caderninho “genérico” sabe bem do que estou falando… 11923193_1479535459015220_4256769819801959581_n

Pois bem, hoje eu conheci o REKONECT, um caderninho igual o Moleskine mas com um diferencial , suas folhas se soltam ( e depois voltam ao mesmo lugar) por um imã.

Isso facilita a sua vida na hora de organizar a ordem do caderno ou digitalizar algum desenho… são milhares de possibilidades, dá só uma olhada aqui no vídeo.

O projeto Rekonect está para entrar no site de colaboração Kickstarter e a sua página do facebook criada em Junho de 2015 já conta com mais de 15.000 seguidores 11902419_1477817369187029_3857405474904398577_n

Rekonect é uma agenda como qualquer outra, exceto pelo fato de que você pode descolar as folhas e usá-las, digitalizá-las ou trocar com amigos ─ e, em seguida, colocá-los de volta sem o menor esforço. Tudo isso graças a sua borda magnetizada com imãs.

Em breve eles vão lançar uma campanha no Kickstarter e estaremos prontos para atualizá-lo com todos os detalhes e preços.Picture-11 11875177_1470242686611164_4295381288199731318_o

 

Drive o relógio para pilotos

Avai Corrêa-ArquivoBanner 09 - Avai Correa

Gus Petrikas, jovem designer Inglês e especialista em criação 3D nos oferece o seu mais recente projeto, chamado Drive, um relógio para os pilotos de carro que não quererem perder tempo.DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-11

Uma vez com as mãos no volante, olhar seu relógio não é mais possível, o mostrador não tem a orientação correta, demanda gesto e concentração para olhá-lo. Enquanto muitos carros têm seu relógio à sua frente ou integrado ao mostrador de bordo.

Leitura direta e fácil, com uma graduação de 12h para olhar as horas com precisão e minutos aproximadamente.

Mais informações: Gus Petrikas

DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-12 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-10 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-9 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-8 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-7 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-6 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-4 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-3 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-2 DRIVE-montre-design-watch-pilote-automobile-Gus-Petrikas-blog-espritdesign-1

 

Bublcam, a câmera 360º

Ideia FixaBanner 09 - Avai Correa

Por Estúdio Cafundó.

Essa é a Bublcam, uma câmera de 360º desenvolvida por uma startup canadense, especialmente para você capturar fotos e fazer vídeos de TUDO que está ao seu redor.

Na verdade ela ainda não tá por aí nas lojas. É um sonho coletivo que está no Kickstarter.bubl

Tecnologicamente falando, um grande diferencial da câmera é não ter nenhum ponto cego, por causa dessa sacadinha esperta de posicionamento entre as câmeras:
b95fe2431eac7921b3ce5f39998ac268_large-652x421

Além desse avanço em termos de hardware, tem toda a questão do software também: ele vai juntando as imagens geradas em real time, e o usuário pode “navegar” tranquilamente por diferentes ângulos da mesma captura – seja foto ou vídeo.

Esse é  o vídeo que tá seduzindo a galera no Kickstarter:

Parou pra pensar como os novos fotógrafos vão poder se aproveitar dessa nova liberdade de ângulos?

Ou já parou para ver seus futuros filhos falando: “Como vocês sobreviviam com fotos de um único ângulo?”

+info: bublcam.com/