Passeio das Águas Shopping recebe exposição de Camisas do Futebol Goiano

Por Thais Rocha 

Evento é gratuito e conta com aproximadamente 40 peças de 20 clubes goianos, entre eles Goiás, Vila Nova e Atlético Goianiense 

Com o objetivo de aproximar o público da história do futebol de Goiás, o Passeio das Águas Shopping recebe, até dia 22 de outubro, a exposição de Camisas do Futebol Goiano. O evento, que está montado na área central – junto às escadas rolantes – conta com aproximadamente 40 peças dos 20 clubes que disputam a 1ª e 2ª divisões do Campeonato Goiano.

Divulgação (1)

Uma das curiosidades da exposição é a camisa da Seleção Goiana, formada por grandes jogadores do futebol do estado, dentre eles Lincoln, o “Leão da Serra”, Macalé e Matinha, na partida inaugural do estádio Serra Dourada, em 1975.

Divulgação (6)

A mostra também conta com as camisas dos campeonatos brasileiros da 3ª divisão de 1996 e 2015 vencidos pelo Vila Nova Futebol Clube, além do manto que o tigrão usou para jogar a Copa Conmebol de 1999, onde se tornou o primeiro time goiano a disputar uma competição internacional.

Divulgação (5)

A camisa utilizada pelo Goiás Esporte Clube na sua participação na Libertadores da América, em 2006, também está exposta. Os esmeraldinos poderão apreciar ainda camisas do goleiro Harlei, ídolo do verdão.

Divulgação (2)

Peças dos times Atlético Goianiense, Aparecidense, Anápolis, Rio Verde, Itumbiara, Iporá, Crac, Goianésia, Grêmio Anápolis, Anapolina, Goiânia, Trindade, Santa Helena, Aseev, América Morrinhos, Monte Cristo, Aparecida MBS e Novo Horizonte, também fazem parte da exposição.

Divulgação (3)

A ação é gratuita e funciona de segunda a sábado, das 10h às 22h e aos domingos das 14h às 20h.

Serviço
O quê: Exposição de Camisas do Futebol Goiano
Data: Até 22 de outubro
Horário: De segunda a sábado – das 10h às 22h
Domingo – das 14h às 20h
Valor: Gratuito
Onde: Área central – junto às escadas rolantes - do Passeio das Águas Shopping 

*** Estacionamento gratuito para todos os visitantes!

Divulgação (4)

 

FARGO – A primeira Feira de Arte Goiás

Por Diogo Teixeira 

Será realizada de 20 a 22 de outubro em Goiânia

A Fargo – Feira de Arte Goiás – será realizada de 20 a 22 de outubro, 10 às 22h, na Vila Cultural Cora Coralina. Com o objetivo de fomentar o mercado em torno das artes visuais e, dessa forma, fortalecer as relações produtivas comerciais, a Fargo é uma realização da ARTE PLENA Produções Culturais, uma empresa especializada em projetos e eventos eminentemente culturais, com foco em artes visuais, cuja premissa é atuar na implantação e produção cultural, com ética e profissionalismo. A entrada é gratuita.

Formada em Processamento de Dados pela FATEC de São Paulo, Ester Krivkin, é uma das palestrantes confirmadas na FARGO

“A produção nas artes em Goiás existe em profusão e qualidade e a feira proporcionará visibilidade e possibilidades de negócios e escoamento dessa produção”, acredita Wanessa Cruz, da Arte Plena Produções Culturais, idealizadora do evento ao lado de Sandro Tôrres. Os expositores de artes foram selecionados via curadoria feita por profissionais reputados como Gilmar Camilo – Curador do MAC GO e Sandro Tôrres – Curador Diretor da Arte Plena. O Projeto envolverá as Universidades com cursos em áreas relacionadas (principalmente artes visuais, design e arquitetura), com emissão de certificado para os alunos participantes. “Entendemos que essa aproximação é necessária como instrumento de formação de público”, aponta Sandro Tôrres.

O escritor de arte, colecionador e pesquisador Oto Reifschneider é um dos palestrantes da FARGO

A estrutura da feira segue os moldes dos eventos semelhantes pelo Brasil e pelo mundo, com divisão por stands expositores com produtos e serviços estabelecidos no mercado, como galerias e escritórios de artes, molduraria, gráfica, distribuidora de papéis, instituições de ensino, coletivos de artistas, azulejaria, cerâmica, produtos de arte etc. Também estarão na feira expositores com atividades que fazem parte dessa cadeia produtiva das artes, por exemplo, livrarias e editoras com publicações no campo das artes, fotógrafos, jornalistas, leiloeiros, colecionadores especializados, enfim, todo e qualquer profissional que tenha um interesse maior na produção artística e nos produtos oriundos dessa produção. Durante o período da FARGO haverá som ambiente com DJs convidados e, todo fim de noite, pocket show musical (chorinho, jazz, blues, mpb), além de uma área de convivência e alimentação, com café, bebidas em geral, comidinhas e delícias doces.

Jornalista Angélica de Moraes  é uma das palestrantes da I Feira de Arte Goiás

Paralelo à feira, acontecerá no auditório da Vila Cultura, a 3ª edição do Seminário Nacional Os Campos das Artes- Bastidores da Criação, evento de formação com palestrantes locais e nacionais com vasta experiência e reconhecimento profissional. Serão realizadas mais de dez palestras. Alguns nomes já confirmados:

- Fernando Eckman (SP) – Artista Visual, Designer, Cenógrafo
- Ester Krivkin (SP) – Analista de sistema, Art Coach, Curadora, Digital Influencer
- Sandro Tôrres (GO) – Artista Visual, Escritor, Curador e Crítico, Historiador
- Bráulio Vinícius (GO) – Arquiteto Urbanista, Fotógrafo, Diretor da FAV-UFG
- Márcio Pizarro Noronha (RS) – Historiador, Curador e Crítico de Arte
- Juliano Moraes (GO) – Artista Visual, Curador, Professor da FAV-UFG
- Angélica de Morais – Jornalista, Curadora e Crítica de Arte
- Cristiano Lemes – Arquiteto e Professor
- Thiago Peixoto – Dep. Federal, Presid. Comissão Nacional de Cultura da Câmara Federal
- Consultor do SEBRAE GO, sobre empreendorismo
- Px Silveira (GO) – pesquisador, curador e galerista
- Oto Reifschneider – Professor, crítico e curador
- Márcio Jr – pesquisador, escritor, coord.da Escola de HQ 

22. FARGO - Feira de Arte Goiás

A FAV- Faculdade de Artes Visuais da UFG é parceira do seminário, chancelando as palestras e preparando os monitores. As inscrições para o Seminário estão sendo feitas antecipadamente pelo email camposdasartesinscricao@gmail.com; vagas limitadas à capacidade do auditório (60 lugares).

PÚBLICO ALVO

A estimativa de público, nos quatro dias de evento, é de 10 mil visitantes, entre estudantes, profissionais e público em geral. “Essa estimativa leva em consideração o potencial de negócios do nicho, as parcerias e também a gratuidade da entrada. A feira surge num momento de demanda reprimida dos segmentos e de grande expansão dos negócios com arte”, acredita Wanessa Cruz.

A FARGO, além do público especializado, também oferece grande potencial como evento de entretenimento e formação em gestão e negócios, com ações e atrações para variados públicos e faixas etárias. Para Wanessa, a feira de arte, em si, já leva um numeroso e indistinto público; as palestras segmentadas atrairão aficionados e pesquisadores nos temas propostos; os expositores de diversas áreas também terão interesse e responsabilidade em convidar seu público.

LISTA DE EXPOSITORES CONFIRMADOS:

Simplyfix
Faculdade de Artes
Ateliê livre de Gravura
Colê Azulejos
Coletivo Contrapartida
Wa Imagens
Fargo Kids
Magia Naif
Denis Cerâmica
Coletivo Spectra
Artistas Associados
J. Fratus Escritório de Arte
Gráfica Talento
Escrisam

Serviço:
FARGO – Feira de Arte Goiás / II SEMINÁRIO NACIONAL OS CAMPOS DAS ARTES
PROGRAMAÇÃO – facebook.com/arte.plena
ABERTURA: Dia 19/10 – das 20 às 22 H, na sala de exposições da Vila Cultural Cora Coralina – aberto ao público.
VISITAÇÃO: De 20 a 22 de outubro, das 10h às 22h, com entrada gratuita
ONDE: Vila Cultura Cora Coralina, Rua 3, Centro, Goiânia-GO

Nosotros – a arte e o corpo humano

or Tatiana Potrich 

Abertura: 10 de outubro de 2017 na Potrich Galeria de Arte

A mostra coletiva nosotros - A ARTE E O CORPO HUMANO vêm resgatar a primazia do traço do artista quanto à figura humana. Desde as primeiras aulas de Artes no Ensino Infantil é o corpo humano quem nos instiga a investigar as proporções, o movimento e suas diversas posições. O Homem Vitruviano de Leonardo Da Vinci foi um marco do desenho anatômico, pois seus estudos ultrapassaram o papel e o lápis quando o bisturi também passou a fazer parte de suas técnicas de pesquisa. Observando o corpo e seu interior Da Vinci traçou interpretações lógicas quanto ao movimento, expressões e posições alcançando um profundo conhecimento anatômico, que superava sua arte. O estudo do corpo humano também abrangeu a Psicologia em testes como o do desenho de Goodenough utilizado para avaliar crianças e adolescentes com uma variedade de propósitos psicométricos. Na filosofia iogue, praticada há milênios, o corpo humano possui os sete chakras, que distribuem energia e nutrem os sistemas e órgãos.

15 - Geometria do abandono – Alejandro Zenha 2

A Potrich Galeria de Arte convida para uma imersão ao tema da figura humana. A proposta da mostra é mergulhar nos variados estilos e técnicas de artistas regionais e nacionais numa nova perspectiva visual. Unir o contemporâneo ao naif, o acadêmico ao pop, a fotografia à pintura, o bordado ao high tech, o moderno à instalação, a performance ao clássico.

Simone_Simões_Gavetas da alma I, impressão sobre algodão, canivete e gaveta, 41 x 31 x10cm, 2015

Alejandro Zenha é arquiteto, artista e fotógrafo goiano, atualmente trabalha a fotografia do corpo humano e sua relação com a arquitetura e os espaços. J.Vasconcellos é mineiro radicado há 40 anos na Dinamarca e desenvolveu a técnica com espátula e resina vegetal onde cria e recria retratos, corpos, lendas e mitos. Pitágoras é veterano das artes e das desconstruções pictóricas de loucos mundos e seres.

Rogerio Mesquita intervençao sobre fotografia contaminacion

Siron Franco e Ana Maria Pacheco, contemporâneos e conterrâneos trazem suas figuras humanas para nossas infindas indagações. Antônio Poteiro, morto em 2010, artista português radicado em Goiânia trabalhou arduamente a cultura popular, a religiosidade cristã e os seres humanos. Helena Vasconcelos é mineira radicada em Goiânia e foi conclamada ao título de maior Folclorista do Estado. Guilherme de Faria é paulista e o desenho do corpo nu sempre foi uma constante em suas obras.

Sandro Gomide

Adrianne Gallinari é mineira, vive e trabalha em Buenos Aires se destaca na década de 90, quando se desloca para um desenho com poucas áreas de cor, composto por silhuetas humanas, formas geométricas e palavras, realizado sobre diferentes suportes. Fábio Melo é pernambucano, vive e reside em Goiânia, mas já transitou pelo mundo a fora e com certa bagagem cultural traz para mostra objetos enigmáticos.

Rafael Castanheira

Dayse Pontes também é pernambucana, mora em Recife e tem um trabalho baseado na figura humana, suas distorções e surrealismos. Rogério Mesquita é goiano, artista e fotógrafo, tem um trabalho profissional firmado na moda, mas a fotografia artística é sua grande paixão, atualmente vive e trabalha em NY. Leonam Fleury é goiano, foi diretor do MAC durante anos e tem sua pesquisa pictórica no figurativo. Sandro Gomide é goiano e apesar de ter um trabalho abstrato característico, foi o figurativo que o premiou em vários Salões Nacionais.

mestico_trip_2010_100x180_carvao_betume_oleo_tela_algodao_fernando_ekman

Roos é goiano e reconhecido pela sua série dos palhaços e por ser um exímio desenhista. Max Miranda é goiano e tem formação em jornalismo, mas sua linguagem poética está mesmo nos seus instigantes desenhos. Suzana de Abreu é goiana e sempre trabalhou a cultura popular, atualmente em bordados. Fernando Ekman é paulista e trabalha o figurativo em técnicas como a aquarela, numa escala surpreendente. Rafael Castanheira é jornalista e fotógrafo e tem um olhar sensível aos mistérios da natureza, do ser humano e da morte. Simone Simões é de Londrina, vive e reside em Goiânia e tem a delicadeza e o feminino como marcas registradas.

Performance - Eu e o pé de feijão - Adriano Braga

Alex Flemming é carioca e satiriza a sociedade criando um universo paralelo de cores e bizarrices. O jovem performático goiano Adriano Braga usa o seu corpo para dar sentido à sua obra. Gustavo Rizério é goiano, vive e trabalha em NY e se concentra em experimentações pictóricas se inspirando em grandes nomes da história da arte, como seu xará Gustav Klimt. E por fim, a imagem do convite por Vinícius de Castro, talentoso fotógrafo goiano, que infelizmente sofreu uma morte precoce, deixamos aqui uma homenagem in memoriam a este querido artista e amigo.

Capoeira - Helena Vasconcelos

A seleção dos artistas foi proposital a fim de causar contrastes quanto às divergências de sexo e idade dos artistas, experiência profissional, técnicas, suportes e formatos das obras da mostra. Num mundo tão diversificado e globalizado como o de hoje, unir diferenças e experimentações é o que podemos fazer para tornar mais humana as relações. Seja bem-vindo à Mostra nosotros - A ARTE E O CORPO HUMANO e sinta-se à vontade para ser humano.

ana maria pacheco

SERVIÇO:
Curadoria: Ludmila & Tatiana Potrich
Local: Potrich Galeria de Arte – Rua 52, nº 689 Jardim Goiás.
Data de Abertura: 10 de outubro de 2017.
Horário: 19h às 23h
Exposição: 11 de outubro à 11 de novembro de 2017.
Horário de Funcionamento: Terça à Sexta das 10h às 17.
Aos Sábados das 10h às 14h ou com hora marca

Vinicius de Castro PRIMEIRO ATO - Gustavo Rizerio J.Vasconcellos30x60cm fotografia impressao sobre algodao - Alejandro Zenha

‘Sintomas Estéticos Do Plural 2’ na Galeria da Fav

Por Vinícius Figueiredo 

A partir de uma primeira edição, realizada em 2014 e compreendendo que a pesquisa dos professores de Artes Visuais passa pela produção tanto de obras como pela produção intelectual, os professores Rubens Pileggi e Selma Parreira reúnem seus colegas do curso de Bacharelado para apresentarem a mostra “Sintomas Estéticos do Plural 2”, a partir do dia 10/10, terça-feira, às 9:40 horas, na galeria da Faculdade de Artes Visuais (FAV), da Universidade Federal de Goiás (UFG).

Adriana Mendonça- Livro das Cobras Gravadas 2017 (2)

A mostra traz uma seleção eclética de temáticas, abordando tanto a memória quanto o corpo humano e a cidade.  Tal como na temática, os meios expressivos são diversos, indo desde a gravura, passando pela pintura, a escultura, até objetos e instalações de arte.  Para os dois professores que fazem a curadoria da exposição, o enfoque não recai tanto nas apresentações de obras e pesquisas já acabadas, mas em processos e exercícios que cada um vem desenvolvendo como professor e artista, ao mesmo tempo.

ze-cesar (1)

O nome da exposição busca fazer uma relação metafórica entre arte e cirurgia, pensando até que ponto o agrupamento das obras revela um conjunto cujas partes estão em relação umas com as outras, ou, até que ponto podemos aproximá-las, tornando este corpo cada vez mais coeso e íntegro. “Sintomas Estéticos do Plural” também aponta para o fato de que os artistas emprestam seus pincéis, suas câmeras, seus bisturis, suas mãos e seus olhos para realizarem operações de sentido estético. Uma operação, porém, sem anestesia e para qual não existe nenhum método pré-estabelecido.

Leaving_To_Become_PedraMoonStone_ManoelaAfonsoRodrigues_2013-2017

Dentre as estratégias apresentadas pelos artistas, o trabalho da professora Maria Tereza Gomes é um dos que fogem aos meios tradicionais das técnicas artísticas, uma vez que ela servirá infusões com folhas e plantas na abertura da mostra, a partir de sua pesquisa com a comunidade Kalunga, em Cavalcante. Com uma obra processual, Marcos Soares trabalhará com escoras de construção civil, realizando várias ações, durante o tempo da exposição, em alguns pontos determinados do Campus Samambaia, em colaboração com seus alunos.

Leaving_To_Become_Gravura em Metal_ManoelaAfonsoRodrigues_2013-2017 - Detalhe 2

Além deles, aceitaram participar da presente mostra os professores Adriana Mendonça, Edgar Franco, Eliane Chaud, Glayson Arcanjo, José Cesar Teatini Clímaco (ZéCésar), Manoela dos Anjos, Odinaldo da Costa, Patrícia Godoy, Patrícia Osses e os próprios curadores da exposição: Rubens Pileggi e Selma Parreira.
Assim, ao mesmo tempo em que as questões colocadas pela primeira versão da mostra se aprofundam, outras se abrem, estabelecendo diálogos, debates e questões contemporâneas que a arte também manifesta, como sintoma, principalmente em tempos de crise, como vivemos agora.

Eliane-Chaud3

 

Serviço:
Sintomas Estéticos do Plural 2
Exposição do corpo docente do curso de Bacharelado em Artes Visuais da FAV/UFG
Abertura com apresentação das obras pelos artistas: 10 de outubro
Período de exposição: de 10 de outubro a 14 de novembro
Endereço: Avenida Esperança s/n, Campus Samambaia – Prédio da EMAC. CEP 74690-900, Goiânia, GO.

Horário de funcionamento: segundas e sextas-feiras das 8h às 18h; terças, quartas e quintas-feiras das 14h às 18h.

Entrada é franca.

Telefone: (62) 3521-1445
e-mail: galeriadafav@gmail.com

Eliane-Chaud2 Leaving_To_Become_Gravura em Metal_ManoelaAfonsoRodrigues_2013-2017 - Detalhe 1 Adriana Mendonça- Livro das Cobras Gravadas 2017 Adriana Mendonça- Livro das Cobras Gravadas 2017 (3)

Ney Matogrosso encerra a programação do Flamboyant In Concert

Por FatoMais Comunicação 

Ingressos para o show inédito do cantor já estão disponíveis para troca

A interpretação singular de Ney Matogrosso vai deixar a vitrine da música ainda mais especial, dia 31 outubro. Na data, o Flamboyant In Concert destaca um show exclusivo, que promete surpreender os mais exigentes apreciadores da MPB.

divv92

Para sua estreia no projeto, o artista está diretamente envolvido na preparação do repertório e de sua performance no palco – uma de suas marcas registradas. Não por acaso, foi escolhido para encerrar a temporada de 2017 em grande estilo.

“Será uma oportunidade única para o público reviver seus maiores sucessos. Acreditamos que a trilha sonora deverá incluir canções recentes e antológicas, revisitando o talento de uma das figuras mais aclamadas pela crítica especializada”, comemora o produtor artístico do Flamboyant Shopping Center, Peninha.

Exibindo uma trajetória brilhante, desde o início da carreira nos Secos & Molhados, Ney Matogrosso será o único solo na agenda de apresentações deste ano. Isto porque, neste ano, o Flamboyant Shopping Center promoveu sete shows, cada um com um artista e seu convidado especial. A largada foi dada por Titãs e Negra Li; Paralamas do Sucesso e participação de Dado Villa Lobos; Arnaldo Antunes e Paula Toller; seguidos de Samuel Rosa & Lô Borges; Leo Jaime e Erasmo Carlos e, por fim, Renato Teixeira & Almir Sater.

Serviço:
Flamboyant In Concert
Ney Matogrosso
Data: 31 de outubro
Horário: 19h30
Local: Deck Parking Sul – Piso 1
Classificação etária: livre

Ingressos

Em todas as apresentações, o evento terá capacidade de público para cerca de três mil pessoas em cadeiras numeradas e organizadas por setor.

Confira a mecânica por setores

Os clientes poderão adquirir seus ingressos no posto de trocas – no Piso 3, próximo a Centauro. Compras integrais com cartões Caixa Elo dão direito a lugares exclusivos na hora da troca.

Setor Caixa Elo Nanquim* – cada R$ 1.200,00 em compras, um ingresso (limitado a quatro convites por CPF).

Setor Caixa Elo Grafite* – cada R$ 800,00 em compras, um ingresso (limitado a quatro convites por CPF).

Setor Caixa Elo Mais* – cada R$ 500,00 em compras, um ingresso (limitado a quatro convites por CPF).

*Importante observar o período vigente das notas fiscais para cada show, conforme regulamento. Para a apresentação de Ney Matogrosso, por exemplo, serão aceitas notas fiscais de compras efetuadas entre o dia 1º a 31 de outubro de 2017 ou enquanto houver ingressos disponíveis para troca.

Flamboyant In Concert

Realização: Flamboyant Shopping Center

Patrocínio: Claro e Caixa Elo

Apoio: Unimed

Mídia Partner: Rádio Executiva

Período: março a outubro de 2017

Total de shows: sete

Expectativa de público por show: cerca de três mil pessoas

Local / horário: Deck Parking Sul – Piso 1, do Flamboyant Shopping Center

Horário: 19h30

Classificação etária: Livre

Ingressos: mediante troca de notas fiscais de lojas do Flamboyant.

Local do posto de trocas: Piso 3, em frente a Centauro

Assessoria de imprensa: FatoMais Comunicação

Informações: 3546-2016

Sobre o Flamboyant In Concert

Desde 2005, o Flamboyant In Concert vem se consolidando entre os principais eventos culturais promovidos por um shopping center no país. A iniciativa foi reconhecida entre os melhores projetos de marketing da América Latina pelo ICSC Awards Global. Diferenciais que demonstram o compromisso permanente do shopping em oferecer excelentes opções de cultura e lazer ao mercado, alcançado ao final de 2016, a marca de 115 shows, contemplando um público superior a 290 mil pessoas.

 

Minha Mãe É Uma Peça reestreia em luxuosa remontagem

Por Fato Mais Comunicação 

Espetáculo recorde de público com o ator Paulo Gustavo terá duas sessões em Goiânia

Onze anos após sua estreia, “Minha Mãe É Uma Peça” volta aos palcos no sábado, 7 de outubro, no Teatro do Centro de Convenções da PUC, às 19h (esgotado) e sessão extra às 21h30. A remontagem vem para brindar e comemorar a brilhante trajetória de Dona Hermínia, personagem que conquistou todo o país e que já levou mais de dois milhões de espectadores aos teatros e 15 milhões de espectadores aos cinemas de todo o Brasil, com os filmes Minha Mãe É Uma Peça 1 e 2.

Paulo Gustavo - Minha mãe é uma peça

Nessa reedição, chamou-se o aclamado cenógrafo Zé Carratu, que imprimiu sua sofisticação a nova ambientação da peça e a figurinista Reka Koves, que trouxe a contemporaneidade ao visual da personagem. A iluminação é de Marcos Olivio, um craque, e a trilha sonora renovou-se na antiga e ultra bem sucedida parceria com Zé Ricardo.

A direção continua com o talentosíssimo João Fonseca, premiado diretor de inúmeros sucessos do teatro brasileiro, parceiro já de longa data do Paulo em diversos trabalhos. Quem assina esse extraordinário texto e dá vida a fulgurante Dona Hermínia, personagem com rara carga de humanidade, fator que gera identificação maciça do público, é o ator Paulo Gustavo, que consegue eletrizar o público com a mais perfeita tradução da personagem que ele mesmo criou.

Paulo Gustavo - Minha mãe é uma peça 1

Em princípio, todo o texto que aborde de maneira sensível as relações familiares, especialmente de pais e filhos, já tende a garantir uma identificação com a plateia. Contudo, Paulo Gustavo transcende os estereótipos e clichês e com um olhar agudo, acessa de forma sensível o delicado e muito bem-humorado universo de Dona Hermínia. O ator ao adentrar nos meandros e melindres de Dona Hermínia e sua família, captados no texto, mas, sobretudo, nos jeitos e trejeitos dessa Mãe, está falando de todas as famílias brasileiras.

Mais ainda, a peça fala de afeto, de laços familiares que superam “entreveros” e “confusões”. Dona Hermínia é uma mulher madura, aposentada e sozinha, cuja maior ocupação é justamente procurar o que fazer, uma vez que seus filhos estão crescendo e não precisam mais de seus cuidados e broncas. É este o universo da personagem que, na falta de trabalho e romance e entre uma conversa e outra com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a irmã confidente, ainda precisa manter a sua condição de mãe às voltas e preocupada com problemas dos filhos.

O que pode faltar em “simpatia” a Dona Hermínia, sobra em graça. A personagem é divertidíssima. Bom para a plateia; afinal, rir dessas mulheres é um bom modo de não enlouquecer junto com elas.

Para este espetáculo, Paulo Gustavo, trouxe à tona a espantosa bagagem de suas experiências e observações domésticas, compondo com elas um espectro dos humores femininos, gestos, trejeitos, falas, atitudes, achaques e ataques, oferecendo uma minuciosa observação do cotidiano brasileiro que resultou numa comédia especialmente sensível e bastante divertida.

Ficha Técnica:
Texto e Interpretação: Paulo Gustavo
Direção: João Fonseca
Cenário – Zé Carratu
Figurinos – Reka Koves
Iluminação – Marcus Olivio
Trilha sonora – Zé Ricardo
Produção executiva – Diogo Canto
Direção de Produção: Claudio Tizo

Serviço:
Espetáculo “Minha Mãe é uma Peça”
Local: Teatro do Centro de Convenções da PUC
Data: 7 de outubro
Horários: 19h (esgotado) e 21h30 (sessão extra)

Valor dos Ingressos:
- Plateia Inferior – (De A a U)
R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia-entrada)

- Plateia Superior – (De V a ZI)
R$ 120 (inteira) e R$ 60 (meia-entrada)

- Plateia Superior – (De ZJ a ZL) – 3 fileiras
R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada)

50% de desconto para Assinantes de O Popular com acompanhante.

Vendas:
Cartão de crédito: www.compreingressos.com e call center 4052-0016
DrogaVet –  3928-1770 / Komiketo da T-4 (St Serrinha)

Informações: (62) 3946-1067

Marco Luque em “1,2,3 Testando!”

Por Fatomais Comunicação

O artista apresenta no Teatro Rio Vermelho o espetáculo que reúne seus talentos de ator, humorista e apresentador

O novo espetáculo de Marco Luque intitulado “1, 2, 3 Testando!” traz uma mistura de stand up, apresentações de personagens e  improviso, se apropriando muitas vezes da surpresa e do inesperado que faz de cada apresentação um espetáculo único. O humorista se apresenta no Teatro Rio Vermelho, dia 30 de setembro, às 21h30.

IFR_PedroDimitrow_Mustafari_Marco Luque 2012 6983

Além da presença de seus personagens mais carismáticos, como Jackson Five, Silas Simplesmente e Mustafary, entre outros, o show conta sempre com a participação especial de um convidado musical.

O ano de 2017 está sendo um dos melhores da carreira do artista. Além da estreia de seu novo show, Marco estará em dois longas-metragens a serem lançados neste ano: “Talvez Uma História de Amor”, de Rodrigo Bernardo; e “O Homem Perfeito”, de Marcus Baldini. No segundo, terá papel de grande destaque, contracenando ao lado de Luana Piovani, Juliana Paiva e Sergio Guizé.

IFR_PedroDimitrow_Silas_Marco Luque 2012 6983

Na TV, os personagens criados pelo Marco Luque vêm fazendo grande sucesso no programa “Altas Horas”, da Rede Globo, bem como nos vídeos produzidos para o seu canal no YouTube, o “Marco Luque TV”. O? artista também está trabalhando em uma nova peça com os seus personagens, em formato a ser definido.

Marco Luque
Natural de São Paulo, o ator e humorista Marco Luque, ainda pequeno, era a grande atração de seu colégio, tendo espaço reservado por uma professora, ao final de cada aula, para apresentação de suas imitações aos colegas de classe.

Marco Luque - foto por Gustavo Arrais vertical

Formado em Artes Plásticas pela Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), exerceu diversas funções no início da carreira, como garçom de buffet, animador de festa infantil, monitor de acampamento, entre outras.

Antes de consagrar-se como humorista, Luque fez aulas com renomados preparadores de elenco, como Fátima Toledo, e atuou em peças dramáticas, como “Quando as Máquinas Param”, de Plínio Marcos, e “Auto da Barca do Inferno”, de Gil Vicente.

Tanto trabalho e dedicação geraram frutos, Marco Luque foi convidado a integrar o grupo do projeto “Terça Insana”, idealizado pela atriz e diretora Grace Gianoukas. No espetáculo, nasceram personagens marcantes, como o motoboy Jackson Five, o taxista Silas Simplesmente, a diarista Mary Help, entre outros.

Marco Luque - Foto por Gustavo Arrais (3)

O sucesso foi instantâneo e, logo em seguida, Luque foi convidado pela rádio Mix para ter o seu próprio quadro, apresentando histórias de um de seus personagens mais icônicos: o Jackson Five. As sketchs na rádio foram premiadas pela Associação Brasileira de Críticos Teatrais (APCA), na categoria “Melhor Programa de Humor na Rádio”, em 2010.

Na mesma época, surgiram os convites para entrevista ao Programa do Jô, na Globo, e para integrar a bancada de apresentadores do programa CQC. Pouco tempo depois, Luque já estava estrelando o “Tamo junto!”, seu primeiro stand up solo, eleito pelo público como a melhor comédia em Stand Up pelo Guia da Folha, do jornal Folha de S. Paulo, e o “Labutaria”, espetáculo em formato de monólogo que apresenta histórias de cinco personagens criados pelo humorista.

No cinema, seu primeiro papel foi como fotógrafo no filme “Bellini e o Demônio”, de Marcelo Galvão. Com o mesmo diretor, esteve no filme “Colegas”, premiado em festivais como o de Gramado e o do Cinema Latino-Americano. Luque também trabalhou com dublagens de longas animados, como “Khumba”, “Mortadelo& Salaminho – Em Missão Inacreditável” e “Cegonhas – A História Que Nunca Te Contaram”.

Em 2017, Luque terá um papel de destaque em “O Homem Perfeito”, dirigido por Marcus Baldini, e também estará no longa “Talvez Uma História de Amor”, de Rodrigo Bernardo, fazendo o papel de melhor amigo do personagem de Mateus Solano.
Atualmente, o humorista tem um canal no YouTube chamado “Marco Luque TV” e apresenta o espetáculo “1, 2, 3, testando” e o stand up “Tamo junto!”, sendo que este último foi gravado pelo Netflix, serviço de streaming mais famoso do mundo, e estará disponível em breve aos seus assinantes.

Ele também ingressou para a equipe do programa Altas Horas, da Rede Globo, e para a atual temporada do humorístico “Vai Que Cola”, do Multishow. Na atração apresentada por Serginho Groisman, Marco Luque atua em cenas externas, brinca com dublagens e reveza os seus personagens no palco, interagindo com a plateia.

Nas redes sociais, Marco Luque conta com mais de 15 milhões de seguidores e está entre os perfis mais influentes do Brasil, destacando-se pela interatividade sempre bem-humorada com o seu público.
Os principais hobbies do artista são praticar esportes, viajar e esculpir. Ele mesmo é responsável por criar as próteses e máscaras para os seus personagens.

Serviço
MARCO LUQUE – 1,2,3 TESTANDO

Local: Teatro Rio Vermelho
Data: 30 de setembro
Hora: às 21h30

Valor dos ingressos:
Plateia Inferior (Fila A Até M)
. Inteira – R$ 120,00 / Meia – R$ 60,00

Plateia Inferior (Fila N Até T)
. Inteira – R$ 100,00 / Meia – R$ 50,00

Plateia Superior
. Inteira – R$ 80,00 / Meia – R$ 40,00

Vendas:
Cartão de crédito: www.compreingressos.com e call center 4052-0016
DrogaVet -  3928-1770
Komiketo da T-4

Informações: (62) 3219-3300/3400

1º Festival do Churros de Goiânia será realizado no Passeio das Águas Shopping

Por Thais Rocha (Interativa Comunicação)

O evento acontece até dia 24 de setembro e tem mais de 30 opções de churros gourmet para o público saborear 

Até dia 24 de setembro, Goiânia se torna a capital nacional do Churros. A cidade recebe, pela primeira vez, um festival dedicado à sobremesa que é sucesso entre pessoas de todas as idades. O evento gratuito acontece no Estacionamento Verde do Passeio das Águas Shopping, das 16h às 22h,e promete surpreender os apaixonados pela receita com novos sabores e uma programação gastronômica especial.

churros-divulgação

Ao todo são 15 FoodTrucks vendendo mais de 30 opções de churros gourmet. No cardápio, há variedades que vão desde o tradicional ao espanhol (sem recheio, finos e cortados em pedaços), acompanhados de sorvete e milkshake. Entre as coberturas estão os conhecidos doce de leite e chocolate, além de novidades como morango, goiabada, Kinder Bueno, KitKat, Ferrero Rocher, M&Ms, Nutella, e Jack Daniel’s.

“Achamos que Goiânia tem um enorme potencial em eventos gastronômicos e com isso chegamos à conclusão que vai ser um grande sucesso levar esta inovação para a capital. O evento também é uma oportunidade para que o público possa descobrir novos sabores e combinações, que deixam a receita ainda mais saborosa”, afirma Luís Botelho, organizador do Festival.

churros-divulgação-2

Além dos churros, a ação ainda conta com foodtrucks com várias opções salgadas.  O 1º Festival do Churros de Goiânia é realizado pela LB Promoções e IBEM Produções. Além da capital goiana, recebem o Festival de Churros os municípios de Anápolis (GO), Uberlândia (MG), Uberaba (MG), Juiz de Fora (MG), Maceió (AL), Salvador (BA) e Cuiabá (MT).

Serviço
O quê: 1º Festival de Churros em Goiânia
Data: Até 24 de setembro
Horário: Das 16h às 22h
Valor: Gratuito
Onde: Praça de Alimentação do Passeio das Águas Shopping 

*** Estacionamento gratuito para todos os visitantes!

Carna Gyn neste fim de semana

Por Flávia Lelis (Dois Pontos Comunicação)

Dia 23 de setembro, no Europark do Manakai

Chegou! É neste final de semana que Goiânia sedia seu carnaval fora de época: o Carna Gyn. Os Trios Elétricos de Bell Marques e de Durval Lelys já estão estacionados na capital para o grande dia, 23 de setembro, no próximo sábado.

Bell e Durval

Muitas atrações também desembarcam em Goiânia para a festa que começa às 12 horas no espaço Europark do Manakai, perto do Paço municipal de Goiânia (Prefeitura). Dentre elas, sobem ao palco: DJ Gustavinho (Axé das Antigas); Ravelli (Axé das Antigas); Feminize (House Live Sax); Marcos Biank e Diego (Universitário e Axé); Jet Lag (House); DJ Lui Torcatto (House).

O Carna Gyn é a primeira micareta que oferece Open Bar e Open Food de feijoada, na concentração, que será no espaço Europark do Manakai, perto do Paço municipal de Goiânia (prefeitura), a partir das 12h. O evento garante muita animação com o desfile dos blocos, discotecagem com os DJs JetLag, Lui Torcatto, Feminize, Gustavinho, Ravelli, Marcos Biank e Diego.

O esquenta 

O esquenta do Carna Gyn será com show do cantor Tatau (ex Araketu), na sexta-feira (22/09/2017), no Country Club de Goiás. Para quem já adquiriu o passaporte do Carna Gyn (mediante apresentação do comprovante de compra online ou ingresso físico), e para os sócios do Country Club, a entrada está no valor de R$ 50. Para os demais, os ingressos do 1º lote estão R$ 80,00. As vendas estão disponíveis no site da Bilheteria Digital (www.bilheteriadigital.com) e na sede do Country Club (Av. 88, Nº 100, Setor Sul).

As vendas dos abadás estão disponíveis nos sites: www.carnagyn.com.br ; www.bilheteriadigital.com e  www.baladapp.com.br, e nos pontos físicos, em Goiânia: Tribo Restaurante (rua 36, 590, setor Marista, telefone 3226-0100), República da Saúde (rua 89, 655, setor Sul, telefone 3942-5576) e Academia Safari Crossfit (Av. das Industrias Qd. 151 Lt. 51. Santa Genoveva – (62) 3204-5365 / Av. E, Qd. B2 Lt. 23, Nº 195. Jardim Goiás – (62) 3281-9474). Em Brasília, os ingressos estão disponíveis nos pontos físicos: Pátio Brasil Shopping, Shopping Conjunto Nacional; Alameda Shopping; Brasília Shopping; Boulevard Shopping e Feira dos Importados (Intercell Eletrônicos). Os endereços completos dos pontos em Brasília também podem ser consultados no link:https://carnagyn.com.br/#pontosdevenda.

Serviço Carna Gyn

Dia: 23/09/2017
Horário: a partir das 12h30
Local: Europark Manakai – Avenida PL 2, 334-546 – Alphaville Araguaia, Goiânia – GO, 74884-110.
Redes sociais: Instagram – @carnagyn e Facebook.com/carnagyn
Telefone para contato: +55 62 9 9611-3594 / +55 62 9 9922-6062

Flipiri foca memória e inclusão em sua 9ª edição

Por Diogo Teixeira (Palavra Comunicação)

Evento acontece de 20 a 24 de setembro e terá como atrações principais escritora Roseana Murray e vlogueira Kéfera

Com o tema “Literatura, Patrimônio e Inclusão”, a Festa literária de Pirenópolis (Flipiri) começa no dia 20 e segue até o dia 24 de setembro na centenária cidade goiana. Esta será a nona edição do evento, que a cada ano cresce e atrai mais visitantes, além de envolver, todo ano, mais escritores, ilustradores, estudantes, professores e moradores daquela cidade. Até o momento, já confirmaram participação no evento 42 convidados, sendo 20 da Casa de Autores de Brasília, sete ilustradores e 15 escritores convidados. Dentre eles, o destaque é a premiada autora de livros infantojuvenis Roseana Murray, além da atriz, vlogueira, apresentadora e escritora juvenil Kéfera Buchmann.

Roseana Murray e William Amorim

Para este ano, a programação prevê uma intensa agenda de atividades, como palestras itinerantes de Roseana Murray, oficina para professores das redes municipal e estadual, o encontro de ilustradores e o debate principal desta edição, sobre o tema escolhido para este ano, com foco na inclusão, a ser conduzido pelo psicanalista William Amorim. Em relação ao outro eixo temático da Flipiri, a memória, haverá uma discussão sobre patrimônio a partir da exibição de um longa sobre a cidade de Pirenópolis, produzido pelo arquiteto Frederico de Holanda.

Kéfera 1

Já os jovens vão se deliciar com as dicas e conselhos da vida dos adolescentes, suas dúvidas e angústias com a youtuber e escritora Kéfera, uma das estrelas da Festa Literária de Pirenópolis. Também haverá o lançamento da antologia poética Um Feixe de Luz, concebida por vários artistas locais integrantes da Academia Pirenopolina de Letras, o encontro de curadores de festas literárias, como as das cidades mineiras de Araxá e Uberlândia, Ponta Grossa (PR), Porto Alegre (RS) e, claro, a de Pirenópolis. A vasta programação terá ainda mesas de autógrafos com autores de Pirenópolis, Brasília e outras cidades – incluindo autores independentes – e apresentações de artistas goianos e de Pirenópolis, em especial.

Roseana Murray

Homenageados 

Este ano, os artistas homenageados são os escritores Guido Heleno e Marieta Souza Amaral. Ele, nascido em Anápolis, faleceu recentemente e foi, além de escritor, professor, revisor, e intelectual reconhecido por onde passou, a exemplo de Belo Horizonte e Porto Alegre, cidades onde morou. Já Marieta é uma poetisa, escritora e contadora de causos de Pirenópolis, reconhecida com o título de mestre Griô (mestre da vida simples que passa suas experiências pela tradição oral).

Guido Heleno

Nesta edição, a itinerância, uma marca da Festa, continua com o Circuito Flipiri, que leva o evento para vários locais da cidade, seja na zona urbana ou na rural, a fim de envolver na literatura e em outras formas de expressão o máximo de pessoas possível.  Também continua a doação de livros às bibliotecas escolares e outras instituições, prática que vem desde a primeira edição e que conseguiu, ao longo de oito anos, arrecadar mais de 5.400 livros, o que equivale a mais de R$ 135,5 mil.

Iris Borges

A Flipiri é uma realização da Casa de Autores de Brasília e da Prefeitura de Pirenópolis.  Tem o apoio institucional do Fundo de Arte e Cultura de Goiás, da Secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esporte (Seduce), produção do Instituto Pireneus e Arte Plena e apoio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Ministério da Cultura e governo federal.

Kéfera

PROGRAMAÇÃO DA 9ª FESTA LITERÁRIA DE PIRENÓPOLIS – FLIPIRI 2017

Celebrando o Patrimônio e a Inclusão 

21 DE SETEMBRO – QUINTA-FEIRA

Cine Pireneus

19h – Premiação e lançamento da exposição itinerante dos fotógrafos da 5ª maratona fotográfica de Pirenópolis e dos alunos da escola estadual Cristovam de Oliveira, participantes da primeira maratona nas escolas. 

22 DE SETEMBRO – SEXTA-FEIRA

SEXTA PEDAGÓGICA – OFICINAS PARA PROFESSORES

Colégio Estadual Comendador Joaquim Alvez

10h às 12h – Oficina de Cena – com Liduína Bhartolo – Sala 1

- Oficina “Educação financeira infantil – Plantando o futuro” com Álvaro Modernell – Sala 2

- Oficina “Contação de histórias para crianças” com Rose Costa e Hozana Costa – Sala 3

- Oficina “Livro, um aliado na educação escolar” com Regina Mendes.

- Oficina “A arte de encantar com histórias” com Tânia Loureiro Peixoto.

- Oficina “Família, afeto e finanças” com Angélica Rodrigues Santos e Rogério Olegário do Carmo.

- Oficina “Desenvolvendo projetos de leitura na escola” com Iris Borges.

- Oficina “A importância da leitura nos primeiros anos de vida” com Maria Elaine Cambraia.

 

- 14h às 16h - Oficina “A criatividade no trabalho pedagógico” com Simão de Miranda.

- Oficina “Cultura popular e literatura infantojuvenil” com Maurício Melo Júnior.

- Oficina “Brinquedos Cantados” com Hozana Costa e Rose Costa.

- Oficina “O Cerrado e o meio ambiente em sala de aula” com Yana Marull.

- Oficina “Literatura de jovens e para jovens” com Bárbara Morais.

- Oficina “Ensino de língua portuguesa” com Lucília Garcez.

- Oficina “Eu posso escrever um livro” com Dad Squarisi.

- Oficina “Para escrever bem” com Clara Arreguy.

- Oficina “Identidade” com Roseana Murray. 

Centro de Arte

17h – Apresentação do Sarau Poético Academia Pirenopolina de Letras, Artes e Música (Aplam). 

Salão Paroquial

18h30  Apresentação do grupo musical EnCanto

19h – Cerimônia de Abertura Homenagens a Guido Heleno e Marieta Sousa Amaral.

21h – Show com Xangai.

22h – Shows Piri Happy – MC Murcego, Banda Erotori e Cris SNJ.

23 DE SETEMBRO – SÁBADO

Salão Paroquial 

10h às 12h – Abertura do 4º Encontro Flipiri de Ilustradores. Mesa 1: Ilustradores Jô Oliveira, Romont Willy e Adriana Mendonça.

14h às 18h  Encontro Flipiri de Ilustradores. Mesa 2:  Ilustradores Chiquinha, Valdério Costa, Ana Terra,  Volney de Lagolândia.

19h às 20h – Mesa com Roseana Murray e Willian Amorim de Souza.

Salão Paroquial – Centro de Artes e Música

14h às 16h – Oficina de ilustração com Therese Behr

16h às 18h  Oficina de ilustração com Valdério Costa (Introdução à ilustração) 

Cine Pireneus

10h às 12h – Sessão de cinema e debate com Willian Amorim de SouzaFilme: Nunca me Sonharam.

14h  sessão de cinema e debate com Willian Amorim de Souza. Filme: Como Estrelas na Terra.

15h às 16h – Filme: Sobre Pirenópolis, de Frederico Holanda, seguido de Roda de Conversa, com Clara Aluim, Frederico Holanda, Hermano Viana, Salma Saad.

17h às 18h  Apresentação do dossiê da Festa do Divino 2017 – João Guilherme e Tereza Caroline.

18h às 20h  Aula espetáculo: 7 pecados da língua, com Dad Squarisi, Sandra Duailibi e Therezamaria.

21h  Show com Sandra Duailibi.

22h  Serenata do grupo Pirenópolis, Ontem, Hoje e Sempre – Saída do Cinema pelas ruas do Centro Histórico. 

Tenda

10h às 12h – Flipiri – Kéfera

15h às 16h  Oficina de Flores de Mascarado, de Bordado, Estandarte e Máscaras – Projeto Salvaguarda Festa do Divino Espírito Santo

22h  Shows Piri Happy – San MC, Quadrilha Intelectual, Aborigene GOG. 

Anfiteatro Largo da Matriz

15h – Apresentação grupo de danças Folclóricas Flores do Cerrado – Profª Mônica

16h  Apresentação do grupo de chorinho (Jerônimo Forzani e banda). 

24 DE SETEMBRO  DOMINGO

Salão Paroquial 

10h – Memórias Sentimentais com Elder Rocha Lima e Nicolas Behr.

14h às 17h  As Festas Literárias Mansur Bassit Gramont, Afonso Borges, Mario Helio (Fliporto)

18h  A incrível máquina de criar realidades – como usar seu cérebro para criar um novo eu, com Wallace Liimaa. 

Tenda

9h30  Encontro de Cultura Popular e Tradicional de Pirenópolis.

10h  Flor de Pequi

11h  Apresentação dos Alunos do Centro de Artes Ita e Alaor – Violões, com Prof. Fabrício de Pina.

14h  Apresentação do Grupo Folclórico Banda de Couro – Coordenação de Genivaldo de Sá.

15h  Cantigas de trabalho – Cristina Campos

16h  João Paulo – Viola

18h  Shows Piri Happy – Erotori 

Escadaria – Largo da Matriz

17h  Show Musical dos Trovadores dos Pirineus