CloudFisher projeto inovador transforma neblina em água em regiões semiáridas

Por Soraia Alves

Aparelho desenvolvido pela startup alemã WaterFoundation basicamente transforma neblina em água potável

maxresdefault

O projeto CloudFisher tem uma proposta bem interessante e inovadora para resolver os problemas com abastecimento de água em regiões semiáridas. O aparelho, desenvolvido pela startup alemã WaterFoundation, basicamente transforma neblina em água potável.

Dar-Si-Hmad-Fog-Harvester-Morocco-4-889x555

A ideia teve como ponto de partida estudos sobre uma prática chamada “fog harvesting”, cuja linha de pensamento é: se a neblina condensada e em forma de orvalho pode ser “colhida”, então um aparelho poderia captar essa mesma água antes de ela virar orvalho.

dd8c81_ce0652a5e5c34027bfe322b7417bc3a6_mv2

Parecido com um muro, o coletor de neblina é simples de instalar e manter, não precisando de energia para funcionar. Ele fica posicionado em perpendicular ao vento e capta a água das nuvens de neblina, suportando ventos de até 120 km/h. Quando a neblina condensa, a água é direcionada por canos diretamente para canais de irrigação ou de consumo.

aqualonis-cloufisher-fog-net-designboom-818-007-818x626

Mesmo sendo potável, por ser extraída praticamente em um estágio anterior, a água obtida pelo CloudFisher tem menos minerais que o ideal para o consumo humano a longo prazo. Por isso, ela é misturada com “água comum” para ficar com a quantidade correta de minerais.

aqualonis-cloufisher-fog-net-designboom-818-017-818x500

O primeiro país a receber os testes do projeto é o Marrocos. O objetivo é implantar 31 CloudFisher em regiões marroquinas semiáridas, num total de 1.700 metros quadrados. Isso daria uma média de 22 litros de água captada por metro quadrado por dia, o que seria o suficiente para beneficiar 13 comunidades da região.

DSC_2784 cloudfisher-1

(via B9)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>