Essa pessoa não existe: site exibe rostos perfeitos gerados por inteligência artificial

Por Natasha Romanzoti 

Exemplos de rostos falsos gerados pela IA
rostos-falsos-perfeitos-gerados-por-IA-838x557

Se você ainda não está familiarizado com a capacidade da inteligência artificial de gerar rostos falsos, acesse o site ThisPersonDoesNotExist.com.

Como o nome em inglês sugere, a página mostra rostos de pessoas que não existem, muitas vezes perfeitos.

Cada vez que você atualiza o site, a rede neural gera uma nova imagem facial do zero.

Tecnologia

O site é uma criação de Philip Wang, engenheiro de software da companhia Uber.

A estrutura de inteligência artificial que alimenta o site foi originalmente inventada por um pesquisador chamado Ian Goodfellow.

Essa estrutura, por sua vez, utiliza o algoritmo de uma pesquisa lançada no ano passado pela empresa Nvidia para criar um fluxo interminável de retratos falsos.

O programa é treinado com um enorme conjunto de imagens reais e, em seguida, se aproveita de um tipo de rede neural conhecida como rede generativa antagônica (do inglês “generative adversarial network” ou GAN) para fabricar novos exemplos.

Potencialidades

Até agora, o algoritmo da Nvidia, chamado StyleGAN, provou ser incrivelmente flexível.

Embora esta versão do modelo seja treinada para gerar rostos humanos, pode, em teoria, imitar outras fontes, como personagens de anime e grafites.

Isso indica que existem aplicações criativas óbvias para essa tecnologia. Programas como este poderiam criar infinitos mundos virtuais, assim como ajudar designers e ilustradores.

Não há como negar que também existem desvantagens, no entanto. A tecnologia GAN, por exemplo, pode ser usada para sintetizar rostos de pessoas em vídeos-alvo, muitas vezes para criar pornografia não consensual.

A discussão começa aqui

A capacidade de manipular e gerar imagens realistas em grande escala pode ter um efeito enorme sobre como as sociedades modernas pensam em tópicos como evidências e confiança.

Por exemplo, esse software pode ser extremamente útil para criar propaganda política e campanhas de influência.

Em outras palavras, ThisPersonDoesNotExist.com é apenas uma introdução a essa nova tecnologia; suas terríveis consequências vêm depois. [TheVerge]

(via HypeScience)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>