Moradores do Rio de Janeiro sobe nos telhados para a batalha com pipas.

Avai Corrêa-ArquivoBanner Conteudo - Electra Pub

Para muitos de nós, a ideia de soltar uma pipa envolve parar em uma loja de conveniência comprar uma pipa de plástico barata, estampada com um personagem de filme ou emblema de um time de futebol, e de ir para o parque lançá-lo para o céu onde é prontamente enrroscada numa árvore. Mas para os moradores que vivem nas favelas do Rio de Janeiro, onde os recursos e espaços são escassos, soltar pipas é uma batalha, literalmente. Pessoas de todas as idades levar para os telhados a lutar com pipas caseiras usando cordas revestidas com cera e pó de vidro, na tentativa de cortar as cordas dos concorrentes. Batalhas inteiras são travadas entre os “gramados” vizinhos, onde os conflitos da vida real entre as pessoas e os bairros são liquidados através de guerras de pipa.kite-31

O cineasta Guilherme Tensol, em colaboração com a revista Victory de esportes e a produtora brasileira Mosquito Projeto, produziu este curta documentário intitulado Kite Fight para o New York Times.

+info: www.mosquitoproject.org/

kite-11 kite-4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>