O que deve comer para manter a pele saudável e bonita

Por Catarina da Eira Ballestero

Uma rotina de beleza adequada deve fazer parte do seu dia a dia para ter uma pele hidratada, bonita e saudável. Mas para além dos produtos de cosmética e de outros cuidados ao nível do estilo de vida, a alimentação também desempenha um grande papel.

brooke-lark-229136-unsplash-2_770x433_acf_cropped

Foi este o mote do workshop de Alimentação Saudável e Anti-idade promovido pela marca de dermocosmética Anjelif, que aposta em produtos anti-idade, dirigidos a mulheres a partir dos 30 anos, que atenuam e previnem rugas, para além de combaterem o processo de flacidez.

O workshop da Anjelif focou-se na alimentação saudável como aliada da pele
apm8916_770x433_acf_cropped

Sara Marques dos Santos, health coach e autora do blogue S de Salada, convidada pela marca para dar o workshop, acredita que a alimentação é um grande fator para o estado da nossa pele e alerta para o que devemos incluir na nossa dieta — a pensar na pele e saúde em geral.

A má alimentação pode causar doenças, dos eczemas ao cancro

“Todos os alimentos vão influenciar a nossa pele, para bem ou para mal”, diz à MAGG Sara Marques dos Santos, que acrescenta que o intestino é um dos principais orgãos do corpo humano e o mais afetado pelas nossas escolhas alimentares.

A health coach afirma que as inflamações, que são a causa de todas as doenças, são um “processo que significa que o corpo não está a reagir bem ao que lhe é oferecido, o que se pode transformar numa doença e, em casos mais extremos, até em cancro”.

coisas9

“Se consumirmos alimentos bons para o nosso intestino, evitamos as inflamações. Pelo contrário, se ingerimos alimentos mais agressivos para o intestino, fazendo com que este fique inflamado, a pele acaba por dar sinais”, afirma Sara Marques dos Santos.

Manchas, eczemas, psoríase, borbulhas e rugas. Como explica a especialista, tudo isto são manifestações da inflamação do intestino (apesar de também dependerem de outros fatores) que, a par com a pele, são os orgãos excretores do corpo.

“À medida que envelhecemos a nossa pele perde firmeza e vitalidade. E há também que ter noção que pode existir uma ligação com os problemas intestinais,que também se agravam com a idade”, salienta Sara Marques dos Santos.

O alimento certo para cada tipo de pele

Para além de beber muita água, manter uma rotina de beleza adequada às suas necessidades e um estilo de vida saudável, a alimentação também ajuda a cuidar da pele. E para cada tipo de pele, há determinados alimentos que podem ser poderosos aliados:

Rugas e linhas finas Salmão, chia, nozes, amêndoas e leite de amêndoas, claras de ovos, amendoins, quinoa, soja biológica, kiwi.

Manchas Citrinos, pimentão, bróculos, couve-flor.

Olheiras Vegetais de folha verde escura (espinafres, agrião, bróculos, couve-bruxelas, couve portuguesa).

Pele oleosa Batata doce, canela.

Pele seca Abacate, sardinha, óleos de primeira pressão.

Acne Chás purifiicantes, como equinácea, dente de leão e raiz de bardana, sardinha, cavalinha, amêndoas e leite de amêndoas, sementes de girassol e sumos de legumes (em especial de cenoura, alface, agriões e aipo, embora deva ter atenção ao excesso de verduras cruas se tiver o intestino sensível).

Eczema Sardinhas, cavalinha, sementes de chia, nozes.

Psoríase Ervas anti-inflamatórias como curcuma, pimenta preta, pimenta vermelha, cominhos, erva doce, alecrim, alho, sardinhas, cavalinha, salmão, sementes de chia, nozes, gengibre.

Cuidar da pele com a alimentação

Para além de evitar alimentos prejudiciais para a saúde no geral e pele em específico (como os fritos, os açúcares refinados e a farinha branca, para dar alguns exemplos), deve também dar primazia a produtos que podem fazer maravilhas pelo maior orgão do corpo humano.

No verão, época onde apanhamos mais sol, queimamos a pele e esta fica mais seca e com rugas, a regeneração ganha ainda mais importância — e existem alimentos que podem combater esses efeitos, garante a health coach.

“Os mirtilos, as nozes, os vegetais de folha escura, o abacate e os citrinos são ótimos para a regeneração da pele, bem como a casca da laranja, que não costumamos consumir”, diz Sara Marques dos Santos, que reforça que as propriedades destes alimentos conseguem combater os efeitos dos raios UV.

Quando falamos de anti-aging, onde muitas mulheres agarram todas as armas e mais algumas para combater os efeitos do envelhecimento na pele, a especialista alerta que “a chia, o salmão, as claras de ovo, bem como uma alimentação rica em vegetais de folha escura também ajudam a diminuir as marcas e rugas”.

As refeições não devem ser uma corrida contra o tempo

É verdade que muitos de nós vivemos constantemente num ritmo acelerado e nem sempre temos muito tempo para despender com as refeições. No entanto, Sara Marques dos Santos alerta que comer a correr e num ambiente stressante pode trazer-lhe problemas.

A sociedade habitou-se a comer rapidamente, a ver televisão ou sempre com o smartphone na mão, a enviar mensagens e a ver as redes sociais. E com isto tudo acabamos por nem sequer ter tempo para mastigar a comida, o que é um problema”, salienta a health coach.

Como explica a especialista, “temos de perceber que o nosso estômago e intestino não têm dentes, logo temos de mastigar a comida. Caso contrário, existem pedaços muito grandes no estômago, difíceis de digerir, sendo que nem sequer é possível que as propriedades e nutrientes desses alimentos transitem para o sangue”.

Mastigue bem a comida, tenha calma a comer e opte por um ambiente calmo e tranquilo sempre que possível. “O meu marido brinca muito comigo mas eu recuso-me a falar de dinheiro à mesa. É um tema que causa quase sempre conflitos e ansiedade e, à hora das refeições, devemos estar tranquilos, concentrados a comer e a digerir os alimentos”, conclui Sara Marques dos Santos.

(Via MAGG)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>